Menu

ATUALIZAÇÃO: Polícia investigará morte de criança que morreu após aspirar desodorante

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o que aconteceu no último sábado (3), em São Bernardo do Campo (SP). Uma menina de 7 anos morreu depois de inalar desodorante aerossol.

Adrielly com a mãe, Márcia, que alerta as famílias para o perigo/ Foto: Arquivo pessoalAdrielly com a mãe, Márcia, que alerta as famílias para o perigo/ Foto: Arquivo pessoal

Segundo informações da polícia, a mãe da menina disse que ela estava aos cuidados da vizinha enquanto trabalhava. Quando ela chegou foi até o quarto da filha e, ao tirar o lençol, percebeu que a criança estava desmaiada por ter inalado o produto enquanto estava sozinha. Na mão dela havia um frasco do desodorante. A menina foi socorrida ao hospital, mas morreu após sofrer uma parada cardíaca.

A “brincadeira” na qual a criança se submeteu é feita da seguinte forma: uma pessoa inala o líquido do desodorante o tempo que aguentar. O desafio, segundo a família, consiste em inalar o desodorante e manter a boca fechada pelo máximo de tempo. No Youtube, a reportagem encontrou uma pessoa fazendo o desafio. Ela aperta o spray na boca de uma mulher. Após a divulgação, a publicação recebeu muitas criticas dos internautas.

A mãe da criança, também escreveu sobre o caso na rede social: “Prometi a ela diante de uma mesa de mármore fria que infelizmente não pude evitar essa fatalidade com ela, mas que irei encontrar forças para divulgar o máximo para que outras famílias não sofram o que estamos sofrendo”, escreveu a mãe.

A criança foi socorrida à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ela chegou à unidade com parada cardiorrespiratória. "Os médicos realizaram manobras de atendimento para reanimar a criança, mas ela veio a óbito minutos depois", diz a nota.

com O tempo




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados