Menu

Frio piora dores causadas pelo reumatismo

Mais de 20 milhões de brasileiros sofrem com alguma doença reumática, segundo dados do Ministério da Saúde. Essas doenças fazem parte de um grupo que é a segunda causa de gastos com auxílio-doença de acordo com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Foto ilustrativa / Reprodução internetFoto ilustrativa / Reprodução internet

Cerca de 10% da população brasileira sofre de alguma doença reumática, que pode se manifestar em qualquer idade. De acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia, são mais de 200 doenças conhecidas, as mais frequentes são osteoartrite, artrite reumatoide, osteoporose, fibromialgia, gota e lúpus. A artrite reumatoide, doença que provoca inflamação nas juntas, atinge 1% da população, a osteoporose, mundialmente, acomete 1 em cada 3 mulheres e a fibromialgia atinge 3% da população.

Nesta época do ano, quando as temperaturas tendem a ficar mais baixas, a situação se torna ainda mais complicada para quem sofre de alguma doença reumática. A médica e diretora científica da Sociedade Mineira de Reumatologia, Mariana Peixoto, explica que quando está mais frio, a tendência das pessoas é de contrair a musculatura e a rigidez agrava os processos reumáticos.

Geralmente, as pessoas que sofrem de alguma doença reumática também têm quadro de depressão e ansiedade. A recomendação da Sociedade Mineira de Reumatologia é de que essas pessoas mantenham em dia o uso de medicamentos e a prática de atividades físicas, principalmente no período frio para evitar piora nos casos.

A médica alerta que as doenças reumáticas não têm cura, mas é possível controlá-las. “Mesmo em caso de doenças mais graves, como lúpus e artrite reumatoide, se o tratamento for feito corretamente, o paciente vai ter uma vida normal”.

Com Itatiaia




Banner Camara Municipal 220518
Publicidade
Publicidade

Links patrocinados