Menu

Se seu celular está muito lento, execute 5 passos antes de substituí-lo

Dizem que as fases de vida de um celular são: quando chegam nas lojas, depois de comprados, rodam tudo sem demora, em seguida ficam lentos e depois mais lentos, até perdermos a paciência e ele é substituído. Bom, ainda assim, em tempos de crise, que tal estender um pouco mais a vida do seu smartphone?

Foto: istock art/ Android speed/Foto: istock art/ Android speed/

Essas dicas podem fazer você voltar a usar seu celular com fluidez, economizar dinheiro por mais um tempo, e assim, quem sabe, até trocar por um aparelho topo de linha.

1. Reinicie

A regra número um da computação: em caso de dúvida, reinicie. Uma "Ctrl +Alt +Del" não tornará o seu telefone mais rápido permanentemente, mas é uma medida que não exige nenhum esforço de sua parte, então vale a pena tentar.

Foto: Reprodução Olhar Digital/ Foto: Reprodução Olhar Digital/

Em um mundo ideal reiniciar um telefone celular para torná-lo melhor não deveria ser necessário, porque o sistema seria responsável por "limpar a casa" por si só, mas a realidade é diferente. Até a Samsung traz uma função chamada “Reinicio automático” - função que está dentro da opção “Manutenção do aparelho” - que reinicia o dispositivo semanalmente em um horário determinado pelo usuário. Não é preciso tanto, mas, se você perceber que o telefone está mais lento que o normal, reinicie-o.

2. Desinstalar aplicativos desnecessários

Não importa se você os usa muito ou pouco, qualquer aplicação pelo simples fato de estar lá usa os recursos valiosos do celular, em menor ou maior grau. Se você tiver aplicativos que você não abriu por meses, desinstale-os sem piedade . Você sempre pode reinstalá-los novamente mais tarde, se precisar.

Se o seu celular tiver um desempenho razoável, lembre-se de que menos é mais. Desinstale todos os aplicativos que você não usa com frequência, na tentativa de liberar tempo do processador e deixar mais memória e armazenamento disponíveis para outros aplicativos que você usa todos os dias.

3. Substitua seus apps pelas mesmas versões mais leves

O telefone, antigo ou não, é um smartphone e, portanto, você vai querer usar aplicativos nele. O problema é que as aplicações estão cada vez mais pesadas para aproveitar o hardware cada vez mais potente dos smartphones. Mas, felizmente, temos cada vez mais versões adicionais: aplicações leves .

Essas aplicações são as mesmas versões, inclusive são dos mesmos desenvolvedores, mas com interfaces mais simples e menores em tamanho. Assim economizam espaço e tempo de processamento. E eles são encontrados facilmente na Google Play com o nome de “Lite”. Exemplo: faça uma busca por “Facebook lite” na Google Play.

4. Exclua arquivos desnecessários

Além das atualizações, a maioria dos apps geram os chamados cache, arquivos de uso que acessam a informação mais rapidamente em um próximo acesso. E esquecer-se de deletá-los quando não precisar mais deles pode ocupar um bom espaço, o que pode prejudicar a velocidade do celular se a memória estiver cheia. Até porque é importante é que você tenha espaço livre para o sistema operacional funcionar em sua capacidade total, principalmente se o celular tem menos de 4 GB de RAM. Para falar a verdade, o ideal é ter, ao menos, 25% de espaço de armazenamento livre.

Para deixar esse espaço disponível, você pode seguir caminhos diferentes. Transfira fotos e vídeo para o PC ou copie esses arquivos para a nuvem, usando o Google Fotos, por exemplo, que transfere as fotos automaticamente para a nuvem e depois já podem ser apagadas do celular. Para ver outros arquivos, recomendamos o Files do Google, que é desenvolvido pela própria empresa. Ele é simples de usar e encontra arquivos duplicados, documentos, PDFs, e quaisquer outros e, claro, pergunta para você antes de apagar qualquer coisa.

5. Restaurar configurações de fábrica

Geralmente temos a sensação de que o celular foi mais rápido na primeira vez que o utilizamos do que no momento atual. E, geralmente, é verdade. Durante o tempo de uso ele foi acumulando aplicativos, fotos, mensagens de Whatsapp - e até outros app de mensagens - e outras aplicações que podem deixar arquivos e deteriorar o desempenho. Redefinir as configurações de fábrica de um celular é uma maneira rápida de voltar a ter o bom desempenho e também eliminar erros.

Portanto, se desinstalar aplicativos e excluir arquivos manualmente seja algo demasiado demorado para você, tente redefinir as configurações de fábrica. Essa opção é rápida e seu celular ficará “zerado”. Mas tenha em mente que todos os seus dados, contas e configurações serão perdidas. Então, antes disso, faça um backup de suas fotos e arquivos.

Redefinir as configurações de fábrica é o equivalente a "formatar" o telefone, para que você tenha a chance de começar de novo e tomar melhores decisões sobre quais aplicativos deseja instalar e quais não. Também é especialmente útil se você suspeitar que a lentidão do telefone está exagerada.

São dicas simples, mas que podem economizar dinheiro para o próximo smartphones “mais potente”.

 

 

Com Olhar Digital




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados