Menu

Por meio de mensagens, garota pede socorro a um amigo após ser estuprada pelo pai

Uma garota de 13 anos, que foi estuprada pelo próprio pai (44), precisou pedir socorro a um amigo, por meio de mensagens de texto trocadas em um aplicativo – em umas delas, chegou a dizer que estava sangrando –, para conseguir sair da situação de pânico. O crime aconteceu na cidade de Nova Olinda, localizada na região Norte do Tocantins.

Nas mensagens, a adolescente pede ajuda a um amigo./ Foto: ReproduçãoNas mensagens, a adolescente pede ajuda a um amigo./ Foto: Reprodução

Segundo consta, os abusos teriam acontecido repetidas vezes entre os dias 5 e 6 de junho, enquanto a mãe estava internada após dar à luz. A princípio, o amigo sugeriu que a garota pegasse uma faca para se defender. Contudo, ela disse que o pai estava armado com uma arma de fogo.

Diante do relato da jovem, o amigo realizou a denúncia do homem, que foi preso em flagrante pela Polícia Militar (PM). No local, os militares encontraram o agressor tentando vestir as roupas.

Após ser resgatada, a vítima foi encaminhada a um posto de saúde, onde passou por exames médicos que confirmaram o abuso. De acordo com os laudos, ela foi estuprada pelo pai duas vezes entre a noite do dia 5 e a madrugada do dia 6.

Segundo informações, a garota está sob proteção do Conselho Tutelar. Em conversa com os conselheiros, a garota contou que os abusos aconteciam há pelo menos quatro anos e que o pai usava um revólver calibre 32, encontrado na casa, para ameaçá-la.

Da Redação com O Tempo




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados