Menu

Sete Lagoas > Notícias > Brasil

TIM, Oi e Claro estão proibidas de vender novos chips a partir da próxima segunda-feira

  • Categoria: Brasil

Estão suspensas, a partir da próxima segunda-feira (23), as vendas de chips das empresas de telefonia móvel Oi, Claro e TIM em vários estados do país. A decisão foi anunciada na quarta-feira (18) pelo presidente da Agência Nacional de Telecomunicações, Anatel, João Rezende. 

Em Minas, apenas a TIM está proibida de comercializar novas linhas / Foto: Marcelo PaivaEm Minas, apenas a TIM está proibida de comercializar novas linhas / Foto: Marcelo Paiva

Em Minas Gerais apenas a TIM está proibida de vender novas linhas.  As empresas, porém, não serão multadas, a não ser que descumpram a determinação de suspender as vendas.

A decisão obriga a TIM a não vender novos chips em 19 estados brasileiros, enquanto que para a Oi são cinco os estados. Para a Claro, as vendas serão suspensas em três estados. Juntas, de acordo com dados da Anatel, essas empresas respondem por 70,12% do mercado de telefonia móvel do país. A suspensão foi motivada por reclamações registradas na Anatel entre janeiro de 2011 e junho deste ano.

A decisão para a Claro, engloba os estados de Santa Catarina, Sergipe e São Paulo. Sobre a Oi, a decisão da Anatel abrange os estados de Amazonas, Amapá, Mato Grosso do Sul, Roraima e Rio Grande do Sul. No caso da TIM, a suspensão da venda de chips engloba os seguintes estados: Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia e Tocantins.

As vendas poderão ser retomadas após as empresas apresentarem planos de investimentos contendo metas para resolver problemas apresentados. Os planos precisam ser apresentados pelas empresas em até 30 dias.

Da Redação, com informações do G1

Links patrocinados