Menu

Para secretário de Meio Ambiente projeto aprovado na Câmara "é inconstitucional"

Após aprovação na Câmara, em primeiro turno, dos projetos de autoria do vereador Caio Dutra que preveem a diminuição da Área de Preservação Ambiental (APA), na Serra de Santa Helena, e a construção de um empreendimento para abrigar 20 mil pessoas na região, o assunto foi um dos mais debatidos pelos sete-lagoanos nas redes sociais, na quarta-feira (24).

Procurado pela reportagem do SeteLagoas.com.br, o secretário de Meio Ambiente de Sete Lagoas, Cláudio Figueiredo (Busu), afirma que o tema é complexo e que o projeto do vereador Caio Dutra “é inconstitucional”. Segundo Busu não foram feitos estudos técnicos para viabilidade dos projetos. Segundo o secretário a área total da APA é de 4.928 hectares, mais 4.500 campos de futebol, e o projeto votado na Câmara prevê a retirada de 160 hectares dessa área para serem loteados. 

Secretário de Meio Ambiente Busu pede participação de todos na audiência pública do próximo dia seis / Foto: Quin DrummondSecretário de Meio Ambiente Busu pede participação de todos na audiência pública do próximo dia seis / Foto: Quin Drummond

A lei federal 9.985 de Julho de 2000 constituiu o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC), que estabelece critérios e normas para a criação, implantação e gestão das unidades de conservação. "Critérios esses que não foram seguidos dentro do projeto apresentado pelo vereador Caio Dutra". O secretário Busu afirma que desde 2009, a partir de decreto do prefeito Maroca, está proibida qualquer intervenção na área até a finalização dos estudos de impacto ambiental. “Os estudos foram feitos e vamos apresenta-los na audiência pública do próximo dia seis. A questão é tão séria por que as águas das chuvas são absorvidas pelo solo. Se a terra for impermeabilizada no pé da serra as águas vão para o córrego do Diogo aumentando o risco de inundação. Isso é só um exemplo, fora a importância da região para a cidade”, adverte Busu.

O secretário faz um apelo e convida todos os interessados, inclusive os vereadores, para audiência pública no próximo dia seis de Junho, às 18hs, na Casa da Cultura de Sete Lagoas para discussão do projeto de zoneamento da APA e apresentação os estudos sobre a região. A Casa da Cultura Francisco Timóteo Pereira está na Av. Getúlio Vargas, 91, Orla da Lagoa Paulino.

Reunião em que o projeto de zoneamento da APA foi votado / Foto: Marcelo Paiva Reunião em que o projeto de zoneamento da APA foi votado / Foto: Marcelo Paiva

O projeto aprovado na Câmara na terça-feira (22), segue para apreciação do prefeito Maroca. Procurado pela reportagem do SeteLagoas.com.br em seu gabinete, Caio Dutra não foi encontrado para falar sobre o projeto. Fomos informados pelo assessor do vereador, Zezé, que “O Dr Caio Dutra está operando, você consegue falar com ele aqui (na Câmara) na próxima terça-feira”.

Por Marcelo Paiva 



Publicidade
Publicidade

Comentários   

KÁTIA ABREU
+1 #7 KÁTIA ABREU 25-05-2012 11:04
Vamos usar de bom senso e atribuir determinadas decisões a maioria da população. Este projeto deveria ter sido melhor avaliado até antes mesmo de sair do papel, e admiro muito que tenha partido de um vereador tido como uma pessoa de um certo grau de inteligência. Me admira mais ainda de ter tido seguidores.
Citar
Denyse Coelho
+1 #6 Denyse Coelho 25-05-2012 01:19
Que falta de noção aprovar isso,chega a ser loucura. Vamos lotar a audiência dia 06 de junho mesmo.
Citar
CARLOS VASCONCELOS
+1 #5 CARLOS VASCONCELOS 24-05-2012 22:46
Atitudes como estas mostram descaradamente a falta de respeito que estes vereadores tem com a população e o meio ambiente,é um absurdo desmatar uma área tão importante para a cidade passando até mesmo por cima de leis, deveriam estes vereadores se preocuparem realmente com os problemas da cidade e não arrumarem mais. Parabéns Cláudio Figueiredo (Busu), que luta incansavelmente para um meio ambiente melhor.
Citar
sheila lourenço
+1 #4 sheila lourenço 24-05-2012 20:34
Secretário, fiquei seu fã agora , quando esta noticia. É um absurdo uma câmara aprovar um projeto destes.quem vai morar é rico, por isso foi aprovado. Numa era em que todos os governantes devem lutar e pregar preservação do meio ambiente, desmatar pra construir...Dep ois quando acontece aquelas tragédias naturais nas encostas, ninguém sabe porque. Quem vai lucrar com isso??????????
Citar
walkyria rocha ferreira
+1 #3 walkyria rocha ferreira 24-05-2012 20:06
Uaí, será que estes vereadores ficaram burros, ou desconhecem a Lei Ambiental. Cotamos com o veto do prefeito pq se é inconstituciona l é ilegal. vamos analisar com calma para não prejudicar a cidade e nem dedstruir o parque da serra. Não acho que Caio está levando nada com o projeto, pode ser que desconhece a Lei. Acho-o honesto.
Citar
Daniel Lanza
+7 #2 Daniel Lanza 24-05-2012 11:21
Quem me conhece sabe que não sou fã do governo Maroca mas sei reconhecer um bom trabalho.
O Cláudio Busu é sem dúvida o melhor secretário deste governo. Trabalha, recebe as críticas e, principalmente, recebe as sugestões e toma ações para executa-las.
Infelizmente, Busu não deixou o cargo até a data informada pelo TRE para que pudesse candidatar a vereador ou a vice prefeito. Sem dúvida seria um ótimo aliado dos demais vereadores que lutam pela preservação do meio ambiente, ao contrário deste que aprovaram o projeto do Caio Dutra!
Parabéns, Busu. Independente da posição política estamos do seu lado para que a APA seja preservada!
Citar
Angelo Lanza
+8 #1 Angelo Lanza 24-05-2012 11:04
É um absurdo um projeto desse ser aprovado na câmara! Fico pensando o quanto $ será que cada vereador que votou a favor deve estar ganhando? O vereador Caio Dutra, no mínimo, deve ter ganho um lote no empreendimento. Acredito na força da população setelagoana e sei que no dia 6 de junho iremos lotar a casa da cultura.
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar