Menu

Conscientização sobre o ruído continua com palestras nas escolas

A Campanha Nacional de Conscientização sobre Ruído continua em Sete Lagoas com palestras em escolas por profissionais da Prefeitura Municipal/Secretaria de Meio Ambiente. Distribuição de material educativo também faz parte da ação para despertar a comunidade para um problema que já afeta milhares de pessoas, principalmente adolescentes. Entre os jovens o problema é mais grave por conta dos fones de ouvido com músicas no último volume.
Foto: Guanabara.infoFoto: Guanabara.info
A campanha vai informar e alertar a população brasileira sobre os problemas de se manter exposto a ruído bem como seus efeitos na saúde, qualidade de vida e no meio ambiente. A ação vai reforçar também a responsabilidade de cada um em reduzir o ruído gerado pelas atividades diárias. A campanha propõe a mudança de mentalidade e comportamento, inclusive no que se refere à poluição sonora, sério problema enfrentado em Sete Lagoas. Nesse sentido as ações de conscientização e alerta começam nas escolas e vão para as ruas, faculdades, empresas, setores públicos e privados.

Jovens e crianças são considerados público alvo da campanha por estarem cada vez mais em contato com os mais diversos tipos de ruídos, e por fazerem uso de equipamentos que oferecem riscos à integridade auditiva. Por isso a fonoaudióloga coordenadora estadual do Dia Internacional da Conscientização sobre o Ruído (INAD), da secretaria de Meio Ambiente, Luciana Thonsen tem percorrido as escolas, faculdades e empresas da cidade e região.

Segundo Luciana Thonsen, a informação é o melhor caminho para resultados concretos. “As palestras e distribuição das cartilhas são importantes, pois atuam diretamente com os envolvidos, principalmente com os jovens que abusam do uso de fones de ouvido. Com as informações recebidas eles se vêm mais responsáveis por possíveis danos no futuro”.Iniciada em 2008, a Campanha Nacional de Conscientização sobre Ruído, tem a cada ano um aumento crescente na participação de colaboradores autônomos, institucionais, simpatizantes e organizações representativas de classes. Iniciando com a participação de 12 cidades, quatro anos depois, a campanha já conta com a atuação de mais de 135 municípios em 18 estados. 

Para denunciar abusos de usuários de som automotivo, o cidadão deve acionar a Polícia Militar (190) ou o Disque Denuncia (181). Quando o transtorno for causado por algum estabelecimento comercial, o contato deve ser feito com a Secretaria de Meio Ambiente (31) 3771-9441 (segunda a sexta feira, das 8h às 18h). 

Outras informações nos sites www.inadbrasil.org e www.saudeauditiva.org.br.

Da Redação, com informações de Ascom Prefeitura de Sete Lagoas



Publicidade
Publicidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar