Menu

Vídeo: Esquecido, Parque da Cascata pode desaparecer, afirma especialista

Fechado há muito tempo e sem previsão para reabertura, o parque da cascata de hoje não é nem de longe aquele que atraia visitantes e turistas de outras cidades em um passado não muito distante. Depois de uma longa caminhada por trilhas no alto da serra, a reportagem do SeteLagoas.com.br esteve no parque e encontrou a resposta para a negativa da secretaria de Meio Ambiente em reabrir o cartão postal.

Lagoa do parque da cascata está praticamente seca / Foto: Alan JunioLagoa do parque da cascata está praticamente seca / Foto: Alan Junio

Nos primeiros passos já dentro da cascata encontramos com os moradores atuais da área, uma família de capivaras, sete no total, entre eles um filhote. No lugar dos visitantes estão dois vigias que não se incomodam com nossa equipe, apesar de serem de poucas palavras.

Família da capivaras nada tranquila na água rasa da lagoa do parque / Foto: Alan JunioFamília da capivaras nada tranquila na água rasa da lagoa do parque / Foto: Alan Junio

O verde que predominava entre a mata, hoje não é cor única e divide espaço com o marrom de galhos secos e o preto das peças queimadas. Foi o que restou de um incêndio no fim do último ano que devastou grande parte da já pouca mata atlântica que Sete Lagoas ainda tem.

Mas o que mais preocupa e assusta, apesar do estrago a sua volta, é a lagoa. Seca e com a pouca água que ainda resta com um aspecto barrento, o lago está em uma situação jamais vista em sua história. Levamos as imagens para o professor de mecânica de solos da Unifemm, Luiz Marcelo Aguiar Sanz, opinar sobre a possibilidade de reversão no dano ambiental da área.

Boa parte da vegetação e equipamentos foram queimados em incêndio no fim de 2014 / Foto: Alan JunioBoa parte da vegetação e equipamentos foram queimados em incêndio no fim de 2014 / Foto: Alan Junio

No primeiro momento, o professor não acreditou que aquele era o mesmo parque da cascata onde passeava com a neta há cinco anos. Passado o susto, Marcelo apresenta duas ações que devem ser tomadas imediatamente se o município quiser reabrir o parque um dia.

“A primeira coisa que temos que fazer é proteção contra fogo porque essa floresta que está aí precisa ser protegida porque é um dos resíduos de mata estacional semidecidual (bioma de mata atlântica) da região que está aí dentro (do parque). E a segunda coisa que a gente precisa combater é a erosão”, alerta.

Segundo professor, medidas devem ser urgentes se o município quiser reabrir o parque um dia / Foto: Alan Junio Segundo professor, medidas devem ser urgentes se o município quiser reabrir o parque um dia / Foto: Alan Junio

O professor, porém, evita falar sobre tempo para que a vegetação se recomponha a partir do estágio em que se encontra, mas faz um alerta perigoso sobre a possibilidade de o parque deixar de existir. “O tempo para recuperar vai depender das chuvas e as espécies florestais não são anuais como o milho que cresce em quatro meses, isso é questão de anos. Mas se não proteger agora a tendência é mesmo acabar um dia”, prevê se não houver ações preventivas imediatamente.

A secretaria de Meio Ambiente informou apenas que a lagoa está vazia por causa da falta de chuva que assola não só a cidade, mas todo o Brasil. Em 2014 muito se falou sobre um possível plano de manejo para a área, mas com a falta de recursos do município, o assunto perdeu força e o Meio Ambiente evita comentar sobre o parque.

 

 


Por Marcelo Paiva com fotos de Alan Junio



Publicidade
Publicidade

Comentários   

Marcos
+1 #23 Marcos 22-02-2015 07:28
Não suportando mais a hipocrisia e a falta de respeito da maioria dos setelagoanos, preferi mudar daí. Pessoas que reclamam que a cidade está suja, quente, poluída, violenta, mas não fazem absolutamente nada para mudar isso. Pessoas que acham mais fácil cortar árvores porque "sujam", que jogam lixos e entulhos em qualquer lugar, que abandonam animais, que desperdiçam água sem a menor preocupação. Pessoas que só se interessam por aquilo que lhes dê prazer.
Sete Lagoas teria tudo para ser uma ótima cidade, mas infelizmente a mentalidade do povo não ajuda. A culpa é dos governantes? É também, mas quem os colocou no poder? Então parem de só reclamar e passem a agir. O Parque da Cascata e a Serra Santa Helena são só dois dos patrimônios que irão perder. Continuem destruindo tudo, cortando todas as árvores, sujando tudo, assoreando e poluindo as lagoas, queimando bastante lixo que o ar "agradece"...
Pensem!
Citar
Marcos
0 #22 Marcos 06-02-2015 11:28
É um problema de todos na cidade, e não apenas da prefeitura, embora seja verdade que o prefeito e a secretaria do meio ambiente tem muito mais recursos para a preservação. Mas se cada um fizesse sua parte, evitando queimadas e desmatamento não estaria assim. Infelizmente é mais fácil culpar os outros que a si mesmo. Não é apenas uma preocupação com "área de lazer", mas sim a preservação de um patrimônio setelagoano, além da fauna e flora da região.
Citar
Jonathan
+3 #21 Jonathan 06-02-2015 10:23
Parabens ao prefeito Marcio Reinaldo ,pois ele esta conseguindo ser pior que o Maroca na administraçao da cidade ,o pior que agora vai começar a fazer alguma coisa para que os bobos o reelejam e triste uma cidade comandada por empresarios safados .........
Citar
GÊ GOIABERA
+1 #20 GÊ GOIABERA 05-02-2015 15:55
No meu tempo de criança havia muita água, muita vegetação e pouca exploração.Mas, a desorganização, a falta de interesse dos politicos de cuidarem do parque e a depredação por parte dos destruidores da natureza foi sempre a mesma.
Citar
Denise
+3 #19 Denise 05-02-2015 15:01
Faz muito anos que não vou ao parque, um pena estar assim todo desleixado. Na década dos anos 90 não era assim , desde de 2000 adiante essa cidade só anda pra trás, não adianta ficar numerosa em população e nao crescer de verdade. Qto mais gente mais problemas de todo tipo. Tenho foto da cascata e era um lugar lindo. Se está assim é falta de cuidados mesmo. Deixa chover bastante pra ver se essa lagoa não enche.......... .......... ACREDITO mais na na natureza do que no homem.
Quanto aos asquerosos, e desumanos que colocam fogo , tem lei, aplica a lei, prende, faz pagar multa cara. Onde está a polícia ambiental ????? que a cidade diz ter ?
Citar
Keliston Caio
-4 #18 Keliston Caio 05-02-2015 11:49
A moda é colocar a culpa em Marcio Reinaldo, tudo de errado em Sete Lagoas é culpa dele , até falta de chuva ????
Gente , pelo amor de Deus , enquanto tem lugar que o povo não tem água para beber, vocês estão chorando por área de lazer? Todo o resultado no qual se encontra o Parque da Cascata são condições da falta de chuva , basta voltar a chover que logo aparecera alguns resultados positivos,.
Citar
Francine Alves de Oliveira
+3 #17 Francine Alves de Oliveira 04-02-2015 19:36
Realmente muito triste !!!
Precisamos de uma vez por todas entender que nossas ações estão levando o Meio ambiente a um caminho assustador e irreversível e acima de tudo não criamos o mínimo de consciência que precisamos preservar ,hoje , acima de tudo o que temos . Fico muito triste e realmente perplexa como o ser humano não se conscientiza e atenta , que precisamos urgentemente aprender a preservar e cuidar do verde que ainda temos ao nosso redor. Secretaria de Meio Ambiente de Sete Lagoas , onde está a atuação que cabe a vocês ?
Citar
Elieassim
+1 #16 Elieassim 04-02-2015 19:19
Em um tempo recente,havia na Serra e por conseguinte no Parque da Cascata,uma ONG denominada ADESA,que "ganhou" muitos RECURSO$$$,PROV ENIENTES de Projetos ambientais desenvolvidos com o patrocínio da PETROBRÁ$$$,PAR A A PRESERVAÇÃO AMBIENTAL. .CADÊ OS RECURSOS PARA PRESERVAR AS NASCENTES...... .....
Citar
theo
+1 #15 theo 04-02-2015 14:05
Estive la a 2 meses,a situaçao ja nao era boa!!!lembraças de infancia
Citar
theo
0 #14 theo 04-02-2015 14:01
Estive lá dois meses atraz, vegetaçao rasteira esta tudo queimada,agente so ve tronco das arvores,ou oque aguentou da vegetaçoa,a situaçao ja nao tava boa,vejo que so ista piorando. #Lembro minha infancia!!!!!
Citar
keilla
+2 #13 keilla 03-02-2015 22:58
Acredito que a mídia tem forte poder tanto para reunir voluntários, como balançar as partes administrativas . Já pensou quantas árvores poderiam ser plantadas? Assim que puder estarei lá, plantando a minha semente, fazendo a minha parte para salvar a minha história e muitas que virão enquanto o parque existir, enquanto eu puder fazer algo!
Citar
Tania
+2 #12 Tania 03-02-2015 18:25
Chama a turma que gosta de promover e frequentar a serra no evento "CALDO DA LUA" ,"REVEILLON", gostam tanto de frequenta-lá mas de preservá-la nada ne? O Sérgio tá certo, foram os frequentadores do fim de ano que causaram incêndio, moro aqui no pé da serra e ela queimou por três dias até chover, não tem natureza que resista a isso, na época da seca é a mesma coisa, andarilhos e moradores colocam fogo. O prefeito só vai se interessar se ele ganhar algum nisso, mudando de assunto, ouvir dizer que ele está estudando a possibilidade de cobrar um IPTU de quem tem sepulturas nos cemitérios, pode isso?
Citar
marcio
+2 #11 marcio 03-02-2015 18:16
Como o caro amigo e um descaso tremendo e grande desrepeito a população setelagoana alem de não fazerem nada ( secretaria do meio ambiente ) e não deixam nos frequentadores do mesmo fazer.
Citar
Brenda
0 #10 Brenda 03-02-2015 16:23
A administração poderia conservar este parque e explorar o turismo na cidade. Eu tenho fotos de maravilhosas deste parque "quando era parque".
Citar
Daniela
+5 #9 Daniela 03-02-2015 16:05
Que nada gente... Vamos abrir shopping, construir boulevard e banheiro público porque são obras que todo mundo vê... Parque da cascata fica lá, no alto da serra, quase ninguém frequenta... Administração pública quer se promover não fazer um trabalho eficiente na cidade.
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar