Menu

Casos notificados por suspeita de dengue crescem 232% em Sete Lagoas

Sete Lagoas registrou mais de dois mil casos de notificações da Dengue em 2015, um aumento de 1471 casos em relação aos números de 2014. De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, de janeiro a dezembro de 2015 foram notificados 2103 casos – mais que o dobro dos 632 registrados em 2014, o que representa um aumento de 232,75%.

Ainda de acordo com a secretaria, dos 2103 casos suspeitos de 2015, 924 foram confirmados, 928 descartados, 2 inclusos e 249 estão em investigação. Apenas nos primeiros oito dias deste ano 19 casos já foram notificados.

Casos notificados por suspeita de dengue crescem 232% em Sete LagoasCasos notificados por suspeita de dengue crescem 232% em Sete Lagoas

A Equipe de Combate ao mosquito Aedes aegypti informou que está intensificando as ações, principalmente nas áreas de maior incidência da doença. Este ano já realizaram mutirões de limpeza, bloqueio oportuno dos casos notificados e visita contínua aos pontos estratégicos.

“Com o Aedes aegypti não se pode brincar. Além da Dengue, o mosquito também é o transmissor da Febre Chikungunya e do Zika Vírus. Para isso, é preciso um trabalho conjunto entre o poder público e a sociedade. Se cada um fizer sua parte, podemos evitar a proliferação desse grande vilão”, alertam.

Como afirmado pela secretaria, a população é uma importante peça para o combate ao mosquito. Quem encontrar o Aedes aegypti em sua casa ou quiser denunciar possíveis focos, pode ligar para o Disque-Dengue no 160. As medidas de prevenção também devem fazer parte da rotina de cada cidadão.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, não foi registrado nenhum caso suspeito de Dengue hemorrágica, Zika Vírus e Chikungunya na cidade em 2015.

Por Cristiane Cândido




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados