;
Menu

Dia Nacional do Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes é celebrado na cidade

No Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, 18 de maio, a Prefeitura de Sete Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, realiza passeata. O percurso deste ano será diferente.

O início do ato está marcado para as 17h, saindo da Praça Dom Carlos Carmelo Mota, a Praça da Feirinha, no Centro. Do local, o grupo seguirá pelas ruas da região central da cidade até a Praça Tiradentes.

Mobilização acontece também nas escolas / Foto: DivulgaçãoMobilização acontece também nas escolas / Foto: Divulgação

Além da passeata, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos vem realizando desde a última semana ações nas escolas. Para alunos do 1° ao 5°, o tema é apresentado por meio de teatro de fantoches que conta a história de uma criança de 9 anos abusada pelo marido da tia.

Nas turmas do 6° ao 9° ano, o assunto é trabalhado pela equipe da secretaria com a “dinâmica do muro do silêncio”, que mostra que qualquer pessoa conhecida pode ser um abusador. Já para os alunos do ensino médio é exibido o documentário Canto da Cicatriz sobre violência sexual contra meninas.

Todos os alunos, pais e responsáveis foram convidados para participar da passeata, levando cartazes confeccionados nas escolas. O encerramento será feito pelo projeto Quinta na Praça, que este mês traz as atrações Glaucia Coutinho, Guilherme Lourenzo, Anderson Mota e o grupo Arrumado Pé de Serra. 

18 de maio

A data remete ao dia 18 de maio de 1973, quando Araceli Crespo, de 8 anos, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta em Vitória, no Espírito Santo. Os agressores nunca foram punidos.

O dia é dedicado a mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes.




Por Marcelle Louise



Publicidade
Publicidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar