Menu

Corpo de Bombeiros de Sete Lagoas será elevado a Companhia Independente

Em reunião na tarde dessa quinta-feira (13), no gabinete do prefeito Leone Maciel, foi anunciada a elevação da 3ª Companhia de Bombeiros de Sete Lagoas para o status de independente. O anúncio foi feito pelo comandante operacional de bombeiros, Coronel Erlon Botelho, e pelo subchefe do centro de tecnologia e sistema do corpo de bombeiros, Major Cristian Ferreira. A solicitação foi feita ao governo de Minas e ao comando geral da corporação pelo deputado Douglas Melo e pelo prefeito Leone Maciel.

Major Christian, prefeito Leone Maciel, Coronel Erlon e deputado Douglas Melo / Foto: Laila GusmãoMajor Christian, prefeito Leone Maciel, Coronel Erlon e deputado Douglas Melo / Foto: Laila Gusmão

“Isso representa mais uma grande vitória para nossa região, que ganhará mais viaturas, efetivo e estrutura para os militares da companhia. A cidade passará também a ter mais autonomia na elaboração de estratégias que garantam mais segurança e agilidade no atendimento”, afirmou o deputado.

Para o Major Christian Ferreira, a elevação da companhia é essencial para oferecer mais segurança à população de Sete Lagoas. “Hoje, o corpo de bombeiros atua com cerca de 60 militares só. Com a criação da companhia independente, nós vamos receber mais efetivo e mais viaturas aqui para Sete Lagoas. É como se fosse um batalhão de porte menor, então você tem mais recursos, mais possibilidade de conseguir materiais para dar uma assistência melhor à comunidade”. 

O corpo de bombeiros de Sete Lagoas pertence ao 2º Batalhão de Bombeiros Militar, que é de Belo Horizonte. Quando for elevado, vai responder diretamente à regional e pode ter sua área de atuação expandida para outras cidades.

De acordo com o Major, só falta a estrutura física para que a instituição seja elevada. O prefeito garantiu que haverá uma nova sede e o deputado Douglas se comprometeu a destinar uma emenda parlamentar caso o novo espaço precise de reforma ou adequações. A previsão é que o corpo de bombeiros se torne independente até o fim do ano.


Da Redação com Ascom Dep. Douglas Melo



Publicidade
Publicidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar