Menu

Clube Náutico de Sete Lagoas emite nota de esclarecimento sobre cessão do salão para Câmara Municipal

A Diretoria Executiva do Clube Náutico de Sete Lagoas, emitiu uma nota de esclarecimento sobre o a cessão do salão do clube para celebração da solenidade dos 150 anos de Sete Lagoas promovida pela Câmara Municipal de Sete Lagoas.

Clube Náutico de Sete Lagoas / Foto: DivulgaçãoClube Náutico de Sete Lagoas / Foto: Divulgação

Devido a grande polêmica causada nas redes sociais sobre o assunto a Diretoria Executiva do clube esclarece sobre a cessão do salão para a Câmara Municipal. Veja nota:

Nota de Esclarecimento

Em recente entrevista do Presidente da Câmara Municipal, Cláudio Caramelo, que está circulando nas redes sociais, existe a informação de que o Clube cedeu o Salão sem ônus para a Câmara, o que procede.

Diante das mais diversas manifestações, o Clube Náutico de Sete Lagoas presta os esclarecimentos necessários aos seus associados sobre o fato:

- 150 anos do nosso Município merece destaque especial.

- A cessão do espaço para a realização do evento será por aproximadamente 3 (três) horas e em uma QUARTA-FEIRA, dia com histórico de locação quase ZERO.

- Em uma cerimônia tão importante para a cidade, um evento de DESTAQUE como já referimos, o Clube Náutico de Sete Lagoas não poderia deixar de contribuir com a sua parte.

- Nosso Vice-Presidente Social, Sebastião Luiz de Souza, será um dos homenageados, pela sua dedicação e competência à frente das atividades e do dia a dia do Clube, com grande participação e contribuição para a sociedade, pois somos quase 7% da população setelagoana, inseridas no Clube Social.

- Temos buscado atender tanto as reinvindicações do Legislativo Municipal quanto do Executivo, entendendo e mostrando que o Clube é parceiro e por isso MERECE tratamento diferenciado quando falamos em cobrança de IPTU e das demais Taxas de Licenciamento.

E a melhor maneira de fazermos isso, é na prática!

É mostrando que o Clube está presente em nossa sociedade!

Assim temos feito a parte “social” apoiando e realizando eventos que beneficiaram esse ano direta e indiretamente a APAE, Hospital Nossa Senhora das Graças e Vila Vicentina, dentre muitas outras instituições, como também, apresentando o Clube as diversas escolas públicas, para que esta pequena fatia da sociedade, se encante, e venha, num futuro próximo, ser nosso associado.

- Quanto a questão legal, a cessão do espaço é PREVISTA e PERMITIDA no Estatuto Social e Regimento Interno e, nesse evento específico, pensamos que o interesse maior é do Clube.

- A discussão política e de questionamentos sobre o Edital de Pregão realizado pela Câmara Municipal não deve ser associada de forma NEGATIVA a cessão do espaço pelo Clube Náutico de Sete Lagoas.

- Para finalizar nossas considerações, temos divulgado o Clube em quase todas as mídias da nossa cidade e nos sentimos muito honrados em recebermos o evento.

Quando fomos procurados pelo Vereador Cláudio Caramelo, entendemos que quem ganha é o Clube, na divulgação de um marco para a nossa Cidade.

Saulo Lavarini Calazans
Presidente da Diretoria Executiva
Clube Náutico de Sete Lagoas

Da Redação com Clube Náutico




Publicidade
Publicidade

Comentários   

Isnard Corrêa do altíssimo
0 #7 Isnard Corrêa do altíssimo 22-11-2017 14:03
Não concordo com a atitude da Diretoria, emprestar salão sem ónus. Qualquer associado , que necessite do espaço terá que pagar. Ágora ceder espaço ah políticos, errado. A diretoria não é dona do clube, não tem direito de tomar partido , sem consultar os associados.
Citar
Carolina Loiola
+8 #6 Carolina Loiola 20-11-2017 19:00
O que de fato esse clube faz para a população? Sinto informar mas só tem acesso ao clube a elite de SL. É um clube caro, não é fácil ser associado do Náutico. Além disso o clube já privatiza um espaço público que é a lagoa. Agora esse MERECE há divergência!
Citar
DANIELE
+10 #5 DANIELE 20-11-2017 18:54
Eu como sócia do clube repúdio essa troca, a direçao do clube deveria se preocupar com as deficiências do clube, com a opinião dos associados, em prestador um serviço de excêlencia para os donos do clube, mas essa nova direção procura agradar uma pequena elite.
E mais uma vez a população de Sete Lagoas perde, o iptu, taxas de licenciamentos e outros tributos que deveriam ser revestidos em saúde, educação, melhor infra-estrutura sera barbaganhado... .vergonha!
Citar
Júlio César
+11 #4 Júlio César 20-11-2017 18:38
Engraçado né uma festa solene fechada,
Quem merece prestígio e o povo e não o
clube náutico .
Quem ta pagando a conta é o povo.
Queria ver se um associado teria o salão de graça !
E se és uma festa em honra aos 150 anos da cidade ,
Que façam em um palanque publico.
Para o povo.
Agora vao dizer que o buffet será de graça,
E a ornamentação tbm, conversa pra boi dormi.
Balela pura!
Citar
Hélio Eduardo Almeida
+16 #3 Hélio Eduardo Almeida 20-11-2017 14:46
Muito estranho, diretoria emprestar de graça aquilo que pertence aos sócios, qdo preciso pago e adianto que é muito caro até para o próprio sócio, não me lembro ter autorizado parcerias desta natureza entre clube e prefeitura.
Citar
Júnia Dutra Duarte
+13 #2 Júnia Dutra Duarte 20-11-2017 14:11
Acho que não é o associado que vai pagar a conta e sim, mais uma vez a população. "Temos buscado atender tanto as reinvindicações do Legislativo Municipal quanto do Executivo, entendendo e mostrando que o Clube é parceiro e por isso MERECE tratamento diferenciado quando falamos em cobrança de IPTU e das demais Taxas de Licenciamento."
Isenção de impostos para quem pode e deve pagá-la. Infelizmente esse é o país que nós vivemos.
Citar
carlos
+18 #1 carlos 20-11-2017 08:55
Alguém tem que pagar a conta, não existe nada de graça neste mundo. Neste caso parece que sobrou para os associados do Clube . Se o estatuto do clube permite a diretoria emprestar as instalações do clube para este tipo de evento cabe ao associado reavaliar com o conselho se isto está correto.
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar