Menu

Confira dicas para preparar o lanche do seu filho e garantir uma alimentação saudável

A correria do dia a dia e o acúmulo de funções e tarefas contribuem para que os pais esqueçam de providenciar com cautela o lanche dos filhos e sem perceber caem na cilada do fácil e prático. Muitas vezes eles recorrem à produtos industrializados e gordurosos, comprometendo a saúde das crianças.

Foto: divulgaçãoFoto: divulgação

O bom hábito alimentar deve ser mantido em casa e na escola. Portanto orientar os filhos a comer bem é função dos pais. A boa alimentação auxilia no desenvolvimento da criança, o aprendizado escolar, além de motivar a disposição física e mental.

Segundo a nutricionista Renata Maciel, para ter uma lancheira saudável diariamente, é fundamental programar-se, “quando anotamos o cardápio e compramos os alimentos com antecedência, vamos conseguir deixar a lancheira saudável e nosso filho nutrido”, afirma Renata.

Na lancheiras deve ter o grupo dos alimentos: energéticos, reguladores e construtores.

Energéticos: São os carboidratos que fornecem energia e disposição para o dia a dia e podem ser encontrados no macarrão, arroz, biscoitos, pães, entre outros. Prefira as versões integrais, ricas em fibras, que promovem sensação de saciedade, fornecimento gradual de energia e melhora do funcionamento do intestino;

Reguladores: Ricos em vitaminas e sais minerais são responsáveis por regular as funções do organismo e manter o sistema imunológico forte, prevenindo doenças como gripes e resfriados. Encontram-se neste grupo as frutas, legumes e verduras;

Construtores: Alimentos ricos em proteínas, que auxiliam na construção, crescimento e restabelecimento dos tecidos, ossos, pele e outras partes do corpo. Como exemplo, temos todos os tipos de carne, leite e derivados.

Renata alerta ainda que para conseguir que seu filho se alimente bem e com prazer, deve-se usar e abusar da criatividade.

Fique por dentro das dicas da nutricionista:

1) Escolha lancheiras térmicas que permitem melhor acondicionamento da comida. As bebidas como: sucos, chás e água de coco devem ser levados em garrafas térmicas para manter a temperatura.

2) Congele as poupas de frutas, isso garante suco saudável todos os dias e rapidez no preparo.

3) Fique atento as frutas da estação, elas são mais baratas e costumam ter menos conservantes. Faça opção por frutas que podem ser consumidas com casca ou que a casca pode ser retirada facilmente como: maçã, banana, pêra, uva e morango.

4) Varie nos pãezinhos! Procure receitas de bolos, biscoitos, patês e geléias naturais.

5) Observem bem as garrafinhas e vasilhinhas que condicionam o lanche é preciso que sejam higienizadas diariamente e trocadas sempre que necessário.

6) Pergunte ao seu filho o que ele gostaria de levar, as crianças gostam de ser ouvidas e participar da decisão.

7) Faça um cardápio semanal e vai trocando os dias na próxima semana.

8) Se seu filho já sabe ler mande bilhetinhos, senão faça carinha nos alimentos (ele vai adorar a brincadeira).

Lembrando que sucos industrializados, salgadinhos, guloseimas em consumo excessivo podem causar problemas graves, como obesidade, diabete, hipertensão e dislipidemia, ou seja, elevação da gordura no sangue. Portanto pare alguns minutos do seu dia e prepare o lanche saudável, seu filho merece.

Sarah Carvalho




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados