Menu

Controle da dengue divulga ações de prevenção realizadas em Sete Lagoas

O Setor de Mobilização e Educação em Saúde do Controle da Dengue, da Secretaria Municipal de Saúde, realizou atividades e ações junto à população com o intuito de levar conhecimento e informação. As ações também têm o objetivo de prevenir as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti , como a Dengue, a Zika, a Chikungunya e a Febre Amarela.

Foto: Ascom Saúde Sete Lagoas Foto: Ascom Saúde Sete Lagoas

No mês de março foram realizadas divulgações da campanha de vacinação contra Febre Amarela em várias escolas e mobilização porta-a-porta nos bairros Fazenda Velha, Morro Redondo, Barreiro de Cima, Barreiro de Baixo, Lontra, Lontrinha e Catavento. Também foi feita uma ação do Mexa-se no Parque Náutico da Boa Vista com presença do mascote Vicente Consciente e do personagem do mosquito Aedes aegypti. Também foi realizada a entrega de sacos de lixo aos moradores do bairro Jardim dos Pequis para coleta de possíveis criadouros.

Ainda em março, o Centro Pop recebeu uma palestra com informações sobre as doenças. A ação contou com a presença dos personagens Dra. Lelé, Vicente Consciente e o mosquitão Aedes aegypti. Na Escola Municipal Alfredo Pereira de Souza do Bairro Barreiro de Baixo na Zona Rural, os alunos prestigiaram uma peça teatral sobre o tema e na ESF Montreal, foi montado um stand para conscientização.

No mês de Abril, a Secretaria de Saúde promoveu mais um Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti, LIRAa, que encontrou focos do mosquito em 2,5% dos imóveis pesquisados. “Diante deste resultado, a gerência da dengue, em parceria com os demais setores participantes do comitê de acompanhamento, intensificou as ações de controle, priorizando os bairros que apresentaram índices mais altos”, explica Sueli Lacerda, superintendente de Vigilância Epidemiológica.

Foto: Ascom Saúde Sete Lagoas Foto: Ascom Saúde Sete Lagoas

Por esse motivo, foi realizada divulgações da campanha de vacinação contra Febre Amarela em várias escolas e mobilização porta-a-porta nos bairros Mangabeiras, Centro e Santa Luzia, além de uma palestra nas associações de moradores nos bairros CDI, Jardim Arizona e Cidade de Deus. Os alunos da Escola Municipal Virgílio Pacheco, da Lontrinha, na Zona Rural, assistiram a um teatro educativo, como parte do PSE, Programa Saúde na Escola. Também foram realizadas mobilizações pós-LIRAa, que contaram com atividades de educação em saúde no bairro Jardim Arizona, localidade com alto índice de infestação.

No mês de Maio, foi lançado o Projeto RecicleMais, que propõe a troca de materiais recicláveis, possíveis criadouros para o Aedes aegypti, em uma moeda que poderá ser trocada por produtos em sacolões conveniados na cidade. Dez escolas participam do projeto.

Com Ascom Saúde Sete Lagoas




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados