Menu

Sete Lagoas registra 94,59% de crianças imunizadas com a dose de reforço contra o Sarampo e a Poliomielite

O Brasil ultrapassou a meta de vacinar, pelo menos, 95% das crianças de um a menores de cinco anos contra a Poliomielite e o Sarampo. Balanço do Ministério da Saúde divulgado na segunda-feira (17) mostrou que a Campanha Nacional de Vacinação, encerrada no dia 14, registrou uma cobertura vacinal de 95,4% para a pólio e de 95,3% para sarampo. Mais de 4,4 mil municípios cumpriram a meta estipulada pelo Ministério da Saúde.

Foto: SMS-SLFoto: SMS-SL

Em Sete Lagoas, o balanço final aponta que das 10.773 crianças na faixa etária indicativa para receberem a vacina, 10.190, o equivalente a 94,59% foram imunizadas com a dose de reforço contra o Sarampo e a Poliomielite.

O índice, de acordo com a superintendente de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde Sueli Lacerda, é considerado satisfatório. “Chegamos bem perto da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde e isso nos dá uma certa tranquilidade. Obviamente, o ideal seria termos atingido 100% do público, pois trabalhamos durante todo o mês de agosto com esse objetivo em mente. Mas ainda assim, estamos felizes porque grande parte da população atendeu ao nosso chamado”, conta.

Para o secretário Municipal de Saúde, a campanha foi exitosa. “Agradeço o empenho de todas os profissionais da Secretaria de Saúde durante essa campanha, e também aos pais por abraçarem essa campanha e tomarem a iniciativa de protegerem seus filhos. Saúde é responsabilidade de todos, e somente com tanto engajamento nós conseguiremos manter o Sarampo e a Polio longe de Sete Lagoas e das nossas crianças, especialmente”, disse Magnus Eduardo.

VACINAS AINDA ESTÃO DISPONÍVEIS

Em Sete Lagoas, apenas 583 crianças com mais de um e menos de cinco anos de idade que não receberam a dose de reforço. Para elas, a vacina continuará disponível nas unidades de saúde até a próxima sexta-feira, 21 de setembro. “Mesmo aquelas crianças, na faixa etária atendida pela campanha, que estão com todas as vacinas em dia, devem receber a dose de reforço”, lembra Sueli. A vacina é a única maneira segura de prevenir as doenças.

A vacina Tríplice Viral, que além do Sarampo, protege contra a Rubéola e a Caxumba, também passa a estar disponível para atualização do esquema vacinal de adultos. Pessoas de 2 a 29 anos, assim como os profissionais de saúde, caso não possuam nenhum registro da vacina, deverão receber duas doses, com intervalo de 30 dias entre elas. Já pessoas que têm de 30 a 49 anos, que nunca tenham sido vacinadas, recebem apenas uma dose.

Com AsCom Secretaria de Saúde de Sete Lagoas




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados