Menu

Livro 'Pais e filhos – cartas de uma guerra', do jornalista sete-lagoano Caio Pacheco, será lançado dia 6 de dezembro

O cenário é dramático: a guerra civil na Síria que já dura 8 anos. Os reflexos são piores ainda com a crise humanitária que matou milhões de civis e obrigou quem pôde a deixar o país. Esses são os temas centrais do romance “Pais e filhos – cartas de uma guerra” (Páginas Editora), de autoria do jornalista e escritor Caio Pacheco.

Caio Pacheco no relançamento de "Origens" em junho deste ano — Foto: Brenno DiasCaio Pacheco no relançamento de "Origens" em junho deste ano — Foto: Brenno Dias

O lançamento em Sete Lagoas será no dia 6 de dezembro, no Barão Cervejeiro (Rua José Duarte de Paiva, 125, Centro), a partir das 19h. Em Belo Horizonte, a obra será lançada em evento organizado pela Páginas Editora, da jornalista e escritora Leida Reis, no dia 14 de dezembro.

“Humanizar. Este é o propósito de “Pais e filhos – cartas de uma guerra”, propõe Caio Pacheco ao lançar seu primeiro romance. Em sua terceira obra, ficção e realidade parecem ser uma só face da guerra civil da Síria e da crise humanitária.

“Assim como precisamos ter um olhar fraterno para nossas crianças, mulheres, homens e idosos em nosso país, também é urgente abrir olhos e corações para a barbárie que acontece com nossos semelhantes onde quer que seja”, afirma o escritor.

Com o prefácio escrito pela jornalista Aline Tavares e o posfácio pela empresária e escritora Erika Nogueira, o livro encontra-se em pré-venda a R$ 35,00. Contatos diretos com o autor pelo WhatsApp (31) 99530-0668.

Com Portal Sete




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados