Menu

Sete Lagoas > Notícias > Cidades

Obras na Arena do jacaré preocupam moradores vizinhos

  • Categoria: Cidades
Alguns torcedores estão preocupados com as áreas externas à Arena do Jacaré, estádio do Democrata de Sete Lagoas que vem recebendo grande reforma para abrigar jogos dos times da Capital e do próprio Alvirrubro a partir de março deste ano. (Clique ao lado e veja as imagens)

Estas pessoas, que pediram para não serem identificadas, fizeram contato com a Associação Amigos do Democrata e relataram estarem muito felizes com as obras, as quais estão acompanhando semanalmente, mas extremamente preocupados com a possibilidade de não haverem melhorias no entorno do Estádio.

As maiores preocupações são a falta de estacionamento nas entradas destinadas à arquibancada, que concentra cerca de 90% da capacidade da Arena, e de melhorias nas vias de acesso, incluindo rotatórias na Avenida Prefeito Alberto Moura (Perimetral) e placas indicativas.

Segundo um desses torcedores, a área que antes era utilizada como estacionamento é privada e boa parte dos lotes foi murada sem que fossem deixados espaços para calçadas. “Foi feito um corredor da morte em frente a área das arquibancadas! Em dia de grandes jogos, as pessoas vão passar por ali espremidas! Os muros foram feitos rentes às ruas e não há passeios para os pedestres”, alertou o torcedor. “Falei com o engenheiro responsável pela obra e, segundo ele, não há previsão para trabalhos naquela região. Somente o estacionamento do setor de cadeiras será finalizado”, completou.

A Associação Amigos do Democrata esteve no local e confirmou o que disse o torcedor, conforme mostra a foto.

Vale ressaltar, portanto, que as autoridades devem fazer um esforço coletivo para resolver esta situação, sob pena de a Cidade enfrentar críticas que podem tornar a Arena do Jacaré marcada negativamente.

Por fim, deve-se lembrar que o projeto apresentado à sociedade - veja o desenho clicando na imagem acima - contempla estacionamentos nesta área à qual estamos nos referindo.

Estamos seguros de que todas as intervenções necessárias ao perfeito funcionamento do Estádio serão feitas em tempo hábil, fazendo de Sete Lagoas uma digna capital do futebol mineiro.

Autor: Associação Amigos do Democrata
Fonte: www.amigosdodemocrata.com.br

Prefeitura apura votos populares de concurso fotográfico que mostrou o melhor da cidade.

  • Categoria: Cidades
A Prefeitura de Sete Lagoas, por meio da Secretaria de Cultura e Comunicação Social, apurou hoje (3) os votos populares nas fotografias que fizeram parte do Concurso da Melhor Idade “Construindo a cidade que a gente quer”.  O olhar eternizado dos “Caminhos da Serra” foi eleito, com 81 votos, a foto campeã da mostra comemorativa do aniversário de 142 anos da cidade. A contagem aconteceu no Casarão e contou com a presença de quem buscou retratar o melhor do município na cultura, meio ambiente e solidariedade.

Das 74 fotografias amadoras inscritas no concurso, 12 foram selecionadas para a exposição que passou por diversos pontos culturais ao longo de dois meses. Ênio Lúcio Santos foi o vencedor. “Gostaria que as pessoas prestassem mais atenção na natureza que nos cerca”, explica Santos sobre a motivação para compor a cena. “Quando eu vi as fotos, não esperava que a minha fosse escolhida. Isso foi e está sendo uma força para continuar no ramo”, relata.

“A prefeitura queria atender as pessoas que não tem ou possuem pouco acesso aos bens e atividades culturais desenvolvidas no município”, explica o secretário-adjunto de Cultura, Alan Keller Jardim, sobre os motivos para fazer a primeira edição do concurso. A coordenadora do curso Maturidade Ativa/Cenecista, Isabel Dayrell, vê a iniciativa da prefeitura como uma forma de valorizar quem conhece a fundo a cidade. “A fotografia é uma das maneiras que elas podem expressar o sentimento”. Isabel revela que quatro alunos do curso participaram da exposição. “O concurso foi muito importante. Elas ficaram muito entusiasmadas”, acrescenta a coordenadora.

A alegria presente na simplicidade das pessoas deu o segundo lugar a Geraldo Cruz. “Tem que ter sensibilidade”, diz sobre o ato de fotografar. Cruz fez uma coroa sem ouro e muitos enfeites para consagrar as pessoas que considera com “êxito”. Ele retratou o momento de coroação de uma amiga da Vila Vicentina. “É uma dona guerreira, muito estimada lá na Vila”, afirma Cruz.

O sentimento de relembrar o passado na Ilha do Milito, Lagoa Paulino, levou Lais Lanza a conquistar a terceira colocação no concurso. “Depois de passar por vários locais, resolvi focar onde eu namorava na infância”, fala Lais do enquadramento das belezas da Ilha.  Ana Lúcia Moura não levou prêmio, mas ganhou o reconhecimento do público com o quarto lugar. Ana mostrou a solidariedade dos sete-lagoanos em um gesto do neto. “Foi uma iniciativa muito boa da prefeitura porque as pessoas não costumam valorizar Sete Lagoas e suas belezas”, avalia Ana.

As empresas New Photo, Foto Arte e Photo Shop apoiaram a administração municipal no concurso. O primeiro e segundo lugares ganharam máquinas digitais. A terceira colocada recebeu um book fotográfico. O público pode conferir as fotografias campeãs até a próxima semana no Casarão (praça Tiradentes, Centro) e no álbum virtual da prefeitura no Flickr (www.flickr.com/photos/prefeiturasetelagoas/).

 
Legenda: Secretário-adjunto de Cultura, Alan Keller Jardim (E), durante apuração dos votos do Concurso de Fotografias da Melhor Idade "Construindo a cidade que a gente quer", em comemoração ao aniversário de Sete Lagoas.

SECOM / Sete Lagoas
Foto: Quim Drummond

Links patrocinados