Menu

“Violências contra a mulher” é tema de palestra gratuita na PUC

O tema “Violências contra a mulher” será abordado pela advogada Luciana Calado Pena no projeto Trocando Ideias da IEC PUC Minas Sete Lagoas. A palestra gratuita acontece nesta sexta-feira (23), às 19h30, na Rua Marechal Deodoro, 61, Centro.

Interessados devem se inscrever para a palestra / Foto Ilustrativa: metropoles.comInteressados devem se inscrever para a palestra / Foto Ilustrativa: metropoles.com

Conteúdo 

• Violência de gênero;
• Violência doméstica;
• Lei Maria da Penha;
• Políticas Públicas de combate à violência contra mulher;
• litigância estratégica.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (31) 3774-9686. Interessados devem informar nome completo, telefone para contato, área de formação e nome da palestra que deseja participar. No dia da palestra, devem levar 1 kg de alimento não perecível que será doado à instituição carente.

Informações sobre a palestrante:

Luciana Calado Pena é coordenadora adjunta do curso de Direito do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix; advogada; especialista em Docência no Ensino Superior; especialista em Processo Civil; Mestre em Direito Público e docente há quinze anos.

Serviço - “Violências contra a mulher”
Data: 23 de junho de 2017
Horário: 19h30
Local: IEC PUC Minas Sete Lagoas (Rua Marechal Deodoro, 61, Centro)


Por Tatiane Guimarães



Publicidade
Publicidade

Comentários   

Laura
0 #3 Laura 27-06-2017 20:45
O bullyng ta existindo em todos os âmbitos e para todas as idades, infelizmente o ser-humano ta cada vez mais desequilibrado, e os governos tem a parcela de culpa nisso tbem. VAI TER QUE EXISTIR A LEI JOÃO DA SILVA, OU MARIO DA PENHA, KKKKK. RS RS.
Citar
Sinara
+1 #2 Sinara 26-06-2017 15:20
Existe também a violência contra irmã, de irmão para irmã, de mãe para filhas, O Creso tem razão sim, as pessoas usam de má fé as leis.
Citar
creso viana sales
+1 #1 creso viana sales 21-06-2017 16:55
A lei Maria da Penha quanto utilizada da maneira certa, é importante, muitas mulheres tem usado a lei Maria da Penha de forma ameaçadora e inclui casos que as mulheres agride o companheiro e depois vão a delegacia prestar queixa, como forma de prejudicar o companheiro, ou levar vantagem até com o mandado de afastamento sem necessidade adequada, sem ao menos sofrer qualquer agressão e muitas as vezes afastando aquele que não é agressor de seu lar e de seus filhos. Pelo simples fato de usarem a lei em favorecimento próprio, desequilibrando a família e a justiça. Deveria existir uma lei para a família, com orientação, com divulgação. mas ai da trabalho a justiça não tem tempo. Qualquer um usa, mas não é todo mundo que usa com bom-senso e sabedoria. As safadas vão se aproveitar, as burras vão fazer cagadas, e são as raras saberão o momento e a ocasião certa pra usá-las.
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar