Menu

Últimos dias de inscrições para os programas de incentivo à cultura do Estado

As inscrições para a 3ª Seleção dos programas Música Minas e Circula Minas se encerram nesta semana. Em ambos editais, os proponentes podem submeter suas propostas até este sábado (15). Os mecanismos do Governo de Minas Gerais, executados por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), viabilizam auxílio financeiro para viagens realizadas em qualquer cidade do Brasil ou dos cinco continentes do mundo. Os interessados devem acessar o site www.cultura.mg.gov.br para inscreverem os seus projetos.

Os programas de intercâmbio e circulação têm por objetivo ampliar o contato do mundo com a cultura mineira e com a arte realizada em Minas Gerais, assim como com a pesquisa acadêmica voltada aos setores culturais do estado. As inscrições para a 4ª Seleção estão previstas para começar no dia 1º de agosto e vão até 15 de setembro deste ano.

A fim de facilitar o acesso, a partir deste ano, propostas de circulação e intercâmbio estão contempladas em um único edital / Foto: Divulgação/SECA fim de facilitar o acesso, a partir deste ano, propostas de circulação e intercâmbio estão contempladas em um único edital / Foto: Divulgação/SEC

Música Minas

O programa viabiliza viagens por municípios de todo o Brasil e dos cinco continentes do mundo. São R$ 700 mil repassados, a título de ajuda de custo, para despesas com passagens, seguros de viagem, hospedagem, alimentação entre outras.

A fim de facilitar o acesso, a partir deste ano, propostas de circulação e intercâmbio estão contempladas em um único edital. Assim, podem ser apresentados roteiros que incluem ações de difusão cultural, de formação, pesquisa e capacitação, além dos que possibilitam participações em feiras de negócios nacionais ou internacionais.

Para evitar qualquer concentração de contemplados na Região Metropolitana de Belo Horizonte, os projetos do interior de Minas Gerais ganham preferência em caso de empate. A relevância da contrapartida apresentada pelo proponente é outro critério de desempate.

Demanda recorrente da classe artística, em 2017 fica autorizada a inscrição de estrangeiros, desde que os mesmos estejam residentes em Minas Gerais há pelo menos um ano e sejam parte de uma proposta de execução coletiva.

Este ano, o Música Minas já contemplou 27 propostas nas duas primeiras seleções. Artistas mineiros já visitaram países como Suíça, Coreia do Sul, Japão, Portugal, Alemanha, Argentina e Itália. São Paulo, Paraná e municípios de mineiros foram alguns dos destinos nacionais.

Em 2015 e 2016, o edital viabilizou 111 projetos, promovendo a viagem de 349 integrantes da cadeia criativa e produtiva da música.

Circula Minas

O edital busca promover a difusão e o intercâmbio da cultura mineira em suas diversas áreas, como artes visuais, circo, dança, teatro, literatura, afro-brasileira, folclore, entre outras manifestações. Conduzido pela Superintendência de Interiorização e Ação Cultural, o programa fornece o valor total de R$ 300 mil como ajuda de custo para realização de viagens.

Com o objetivo de garantir a pluralidade e democratizar o acesso aos recursos, o edital de 2017 inclui como critério de avaliação propostas que contemplam as culturas afrodescendentes e indígenas e que tenham como tema as mulheres, LGBTs e pessoas com deficiência.

Nas duas primeiras seleções do edital deste ano foram contemplados 19 projetos. Dentre os países visitados estão Estados Unidos, França, Japão, Portugal e Chile. No Brasil, os destinos são São Paulo, Bahia, Maranhão e outros.

Ao longo dos últimos dois anos, período em que o programa passou a ser realizado por meio de edital, foram contempladas propostas das mais variadas manifestações culturais, totalizando 71 projetos e 179 pessoas beneficiadas. Em 2015 e 2016 os produtores de cultura de Minas Gerais visitaram 25 países e nove estados brasileiros.


Da Redação com Agência Minas



Publicidade
Publicidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar