Menu

Instituto de Lacticínios Cândido Tostes abre processo para selecionar 21 bolsistas

O Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT), ligado à Epamig, abriu processo para credenciamento de 21 bolsistas (7 graduados, 7 mestres e 7 doutores) para atuar em projetos de pesquisa e ministrar disciplinas no curso técnico em leite e derivados e em outros cursos oferecidos pela instituição.

Foto: Divulgação EpamigFoto: Divulgação Epamig

O processo tem financiamento do Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes) e Fapemig, com duração de dois anos. A gestão caberá à Fundação Arthur Bernardes (Funarbe).

O credenciamento já pode ser feito em www.candidotostes.com.br ou de forma presencial na secretaria do Instituto de Laticínios Cândido Tostes. O prazo para as inscrições vai até 28 de junho. O interessado passará por análises de ficha de inscrição e de currículo, prova prática (apresentação de seminário com duração de 30 minutos), entrevista, redação em uma das 21 áreas de pesquisa descritas no edital e deverá comprovar experiência na área de interesse.

A avaliação dos candidatos será feita por uma comissão composta por três membros indicados pela Epamig ILCT, entre especialistas com formação em cada área de pesquisa prevista no edital. A divulgação do resultado está prevista para 31 de julho.

Segundo o chefe geral do ILCT, Cláudio Furtado Soares, a conquista beneficia diretamente as atividades desenvolvidas pelo Instituto, que ganha ainda mais capacidade em ciência e tecnologia em leite e derivados. “A chegada dos bolsistas será a soma de competências e valores acumulados internamente pelos professores, pesquisadores e técnicos, com as trazidas por esses novos profissionais”, afirma.

Da Redação com Agência Minas




Banner Camara Municipal 220518
Publicidade
Publicidade

Links patrocinados