Menu

Sete Lagoas > Notícias > Saúde

Festival promete shows autorais, oficinas e debates para fomentar cenário local

Com o objetivo de unir público e artistas da cena musical setelagoana, o Festival de ver Cidade promete, dias 14, 15 e 16 de dezembro, apresentar atrações musicais autorais das mais diversas vertentes, oficinas temáticas e mesas redondas com temas variados no Centro Cultural Nhô-Quim Drummond Casarão (Praça Tiradentes, Centro). "Nosso principal objetivo é fomentar a cena cultural da produção musical na cidade e promover debates sobre o posicionamento sociocultural e econômico dos artistas em relação ao universo musical e à cadeia produtiva da música visando formação técnica, fomento do empreendedorismo em carreiras artísticas e visão crítica da profissão", conta Leo Guto, produtor do evento.

Fotos: Letícia Duval/ O festival acontecera nos dias 14, 15 e 16 de dezembroFotos: Letícia Duval/ O festival acontecera nos dias 14, 15 e 16 de dezembro

A curadoria do festival está selecionando os mais de 20 artistas locais que se apresentarão apenas com canções próprias. "Acreditamos que a música, como produto cultural, tem a necessidade de conter autenticidade e criatividade para que se expanda no mercado e possa ser efetivamente consumida pelo público de forma sustentável para os artistas", justifica Leo Guto, também músico e compositor.

O produtor conta que a diversidade será a tônica do evento. "Há artistas de vários gêneros musicais na cidade, mas agindo em eventos temáticos, como reggae, hip hop, MPB, metal, rock, folk, congado, música eletrônica, etc. A ideia é colocar essa galera toda junta em um mesmo evento, mais abrangente", explica, destacando que outro aspecto do evento é a miscigenação no line up, com várias etnias representadas, além de diversidade de gênero, religião e ideologia.

Além dos shows

Preocupada também com o fomento e a capacitação, a curadoria do festival busca compor um bom conjunto de oficinas e mesas-redondas. "As oficinas, consultorias e bate-papos contribuirão para a formação técnica dos artistas, bem como o incentivo para novos artistas autorais. Acreditamos que o empreendedorismo musical pode ser uma grande alternativa para o crescimento e a manutenção da cena cultural da música no Brasil", diz Leo Guto.

Ingressos

Além do site Sympla (bit.ly/devercidade), cada artista selecionado também fará a venda de ingressos, que variam de R$ 10 (meia entrada estudantil ou ingresso social, incluindo um quilo de alimento não perecível) a R$ 20 para cada dia de shows ou o passaporte (R$ 60 inteira e R$ 30 a meia estudantil ou social mais um quilo de alimento) válido para os três dias de shows. Tanto o passaporte de R$ 60 quanto o ingresso de R$ 20 também darão direito a acesso gratuito aos shows do Opinião Pub, parceiro do evento, nas noites de sexta, 14, e/ou sábado, 15. A programação completa será divulgada até o dia 25 de outubro.

Apoios

O festival já conta com alguns apoios, mas ainda busca patrocínios. "Estamos em busca de parceiros que acreditam na nossa proposta e que, de certa forma, possam convergir suas estratégias à nossa", comenta Leo Guto. Segundo o produtor, o evento tem público-alvo composto em sua maioria por estudantes entre 16 e 25 anos, totalmente conectados e engajados em pautas sociais, além de interesse em arte de um modo geral, música, moda, dança e teatro, e que articula o debate político e social pelas redes sociais. "Além da divulgação online, será feito um trabalho de visitação em 14 escolas previamente definidas onde faremos pocket shows durante os intervalos", completa Guto.

Mais informações: (31) 99828-0856 ou nas redes facebook.com/festivaldevercidade e instagram.com/festivaldevercidade.

SERVIÇO

Festival De Ver Cidade

Local: Anfiteatro do Casarão Nhô Quin Drummond

Data: 14, 15 e 16 de dezembro

Ingressos: passaporte R$ 60 inteira e R$ 30 meia (válido para os três dias) ou R$ 20 inteira e R$ 10 meia estudantil ou social + 1kg de alimento (por dia) bit.ly/devercidade

Informações: (31) 99828-0856

 

Com AsCom Santa Helena Valley

Links patrocinados