Menu

4ª Temporada de Teatro de Sete Lagoas apresenta grupo pernambucano neste sábado

"Qual é a coisa que não suspira quando sobra felicidade do lado de dentro dela? Antônio apertou forte no peito essas palavras de Karina e também suspirou." Do texto de João Falcão, baseado no romance de Adriana Falcão, o grupo pernambucano de Arco Verde, Teatro de Retalhos, apresenta em Sete Lagoas, dentro da programação da 4ª Temporada de Teatro, seu mais recente espetáculo: "A Máquina". A encenação gratuita será neste sábado (11) às 20h, no Casarão Cultural Nhô Quin Drummond.

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

O espetáculo "A Máquina" é uma fábula contemporânea que se passa numa cidadezinha distante demais de qualquer lugar, geográfica e culturalmente isolada. A cidade, que não por acaso tem o nome de Nordestina, é marcada pelo êxodo de seus habitantes que, cada vez em maior número, vão à busca de uma vida melhor. Nesse contexto há Karina, jovem que sonha em abandonar a cidade e ganhar o mundo como artista, e Antônio, que é apaixonado pela moça, mas não tem pretensão alguma de deixar a cidade. A história desemboca em uma narrativa épica na qual Antônio promete viajar no tempo ou ser dilacerado por uma "máquina da morte", construída por ele mesmo, para atrair os olhos do mundo para Nordestina.

No elenco estão a atriz Carol Viana e os atores Eder Lopes, Tyago Ribeiro, Ênio Felipe e Alex Pessoa. A direção geral é de Djaelton Quirino e a trilha sonora tem direção de Tyago Ribeiro, com participação dos músicos Leandro Vaz e Macvanny Oliveira.

A 4ª Temporada de Teatro de Sete Lagoas é uma realização da Preqaria Cia de Teatro, com apresentação do Circuito Cultural Cimentos Nacional, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e correalização da Prefeitura de Sete Lagoas, além dos apoios do SeteLagoas.com.br, jornal SETE DIAS, Padaria Galdina e Churrascaria Três Marias.

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

O grupo
O Teatro de Retalhos se dedica à pesquisa, montagem e circulação de espetáculos de forma independente. O grupo foi fundado em 2008, a partir do desejo de jovens artistas em desenvolver pesquisa da linguagem teatral no interior de Pernambuco. Atualmente o grupo integra a Estação da Cultura, associação cultural que ocupa, desde 2001, a antiga estação ferroviária de Arcoverde (PE) e tem produção ativa de diversos grupos de diferentes segmentos artísticos. Seus associados atuam na realização de projetos socioculturais, na produção e difusão de bens culturais, além de se ocupar da preservação e manutenção do prédio histórico que ocupam. Mais sobre a trupe no Facebook "Teatro de Retalhos".

Com Ascom Preqaria Cia de Teatro



Publicidade
Publicidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar