Menu

Festival De Ver Cidade divulga programação oficial

O Festival De Ver Cidade - evento cultural que apresenta atrações musicais autorais das mais diversas vertentes, oficinas temáticas e mesas redondas com temas variados - acaba de divulgar sua programação oficial, incluindo as atrações musicais, palestras, oficinas e painéis.

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

A primeira edição do festival, marcada para os dias 13, 14, 15 e 16 de dezembro, no Casarão Nhô Quin Drummond (Praça Tiradentes, Centro), contará apenas com atrações autorais de artistas locais. De acordo com o produtor do evento, o músico Leo Guto, os artistas do line up foram selecionados por meio de uma curadoria interna. "O principal critério de seleção foi a originalidade das propostas e a premissa de ter repertório 100% autoral. Vários artistas do line up estão em processo de lançamento de discos e de distribuição do material", comenta Leo Guto.

Sobre as palestras, oficinas e painéis, o produtor comenta que a seleção conta com profissionais de peso no cenário local, estadual e nacional. "Estamos trazendo produtores, especialistas em carreiras artísticas, em projetos culturais, além, claro, das nossas 'pratas da casa', gente que faz a cena cultural de Sete Lagoas acontecer há vários anos", revela. A participação nas palestras, oficinas e painéis se dará mediante a compra do ingresso para um dos shows e credenciamento prévio. "As vagas são limitadas, conforme disponibilidade do espaço e recursos para a realização. Por isso é importante se inscrever com antecedência", sugere Leo Guto.

Ingressos

Além do site Sympla (bit.ly/devercidade), cada artista selecionado também fará a venda de ingressos, que variam de R$ 10 (meia entrada estudantil ou ingresso social, incluindo um quilo de alimento não perecível) a R$ 20 para cada dia de shows ou o passaporte (R$ 60 inteira e R$ 30 a meia estudantil ou social mais um quilo de alimento) válido para os três dias de shows, palestras, painéis e oficinas. Tanto o passaporte de R$ 60 quanto o ingresso de R$ 20 também darão direito a acesso gratuito aos shows do Opinião Pub, parceiro do evento, nas noites de sexta, 14, e sábado, 15. O Festival De Ver Cidade é uma apresentação do Unifemm, com os apoios de Opinião Pub, TPM Estúdio, Shot Music Bar, P&G Produções, Sebrae, Gellak e Victoria English School.

Serviço:

O que: Festival De Ver Cidade

Onde: Casarão Nhô Quin Drummond (Praça Tiradentes, Centro) e Opinião Pub (Av. Antônio Olinto, 841 - Centro)

Quando: 14, 15 e 16 de dezembro

bit.ly/devercidade

Informações: (31) 99828-0856


PROGRAMAÇÃO


Sexta 14/12 (Casarão)

19:00 - THC TRIO (Rock'n Roll)

20:00 - Congadar (Rock-Congado)

21:00 - Sérvio (Pop Rock)


Sexta 14/12 (Opinião)

- Leo Moraes (Indie-Rock)

- Gasppa (Progressive Trance/ PsyTrance)


Sábado 15/12 (Casarão)

15:00 - Delau (Rap)

16:00 - LEZEL (Reggae)

17:00 - Bárbara Maria (MPB)

18:00 - David Felipe (MPB)

19:00 - Renato Beá (Pop-Rock)

20:00 - Pimenta de Macaco (Rap-Rock)

21:00 - CEITA (Rap)


Sábado 15/12 (Opinião)

- Arthur Melo (Indie)

- DJ Pamela Anderson (Open Format)


Domingo 16/12 (Casarão)

15:00 - Leo Guto (Pop-Folk)

16:00 - Rafael Princi (Rap)

17:00 - Barbara Rocha (Folk-Rock)

18:00 - Fred Reis, Rojan Gabriel e Sidarta (MPB)

19:00 - SoulChamber (Groove-Metal)

20:00 - Metamoth (Post-Grunge)

21:00 - El's da Terra (Rock'n Roll)

 

OFICINAS, PALESTRAS E PAINÉIS (após adquirir seu ingresso, inscreva-se em bit.ly/devercidade-paineis)

Oficina: Elaboração e Gestão de Projetos Culturais

Quinta, 13/12, 13h às 17h e sexta, 14/12, 13h às 17h (carga horária: 8h)

Objetivo: oferecer embasamentos, caminhos e formas de elaboração de projetos, pensando desde a apresentação, objetivo, justificava, estratégias, acessibilidade, democratização, contrapartidas e demais etapas.

Com: Simone Marçal e Daniel Morelo

Simone Marçal: pós-graduada em Gestão Cultural, formada em Comunicação, atua como produtora e consultora em projetos. Produtora de Sandrera. Parecerista de Projetos do Ministério da Cultura, SAV (Secretaria do Audiovisual), Ancine, LIC DF, FAC DF, já atuou também nos governos do Paraná, Goiás, Pernambuco, na Caixa Cultural, Blumenau/SC, Florianópolis/SC, entre outros, nas áreas de música, música erudita, ações afirmativas, audiovisual e cultura popular.

Daniel Morelo: publicitário, filósofo e pós-graduado em Planejamento Estratégico de Comunicação. Músico, sócio do selo musical Voadora Records, radialista, tem dois programas na rádio Universitária FM: Sorvetinho FM e Sexta Vraum, e desenvolve o projeto de fomento e formação de novos Djs "BotaSom-Oficial". É conselheiro municipal e estadual de cultura no ES. Como parecerista, já atuou em editais estaduais de Pernambuco, Espírito Santo e Distrito Federal e em Vitória/ES.

Palestra: Meu Negócio é a Música

Sábado, 15/12, 10h

Objetivo: estimular o espírito empreendedor dos músicos, ajudando-os a identificar as competências, atitudes e características empreendedoras necessárias para tornar sua habilidade musical em um negócio sustentável.

Com: Rodrigo (Digão/Sebrae) - administrador, com MBA em Gestão Estratégica de Negócios, pós-graduado em Gestão de Marketing, vasta experiência gerencial, consultor e instrutor com foco em finanças, gestão e empreendedorismo. No Sebrae há 5 anos, atuou como professor em cursos de níveis superior e técnico nas diversas áreas da Administração. Como artista, já atuou como músico profissional em banda de baile, tocando em bares e como professor em escola de música. Atualmente atua como freelancer acompanhando artistas autorais como Renato Beá e Bárbara Maria (também tocará com esses artistas no festival). Recentemente iniciou o trabalho de produção artística e gestão de carreiras de empreendedores da música.

Palestra: Show Me The Money

Sábado, 15/12, 11h

Objetivo: apontar os principais caminhos para estabelecer uma carreira musical de sucesso

Com: Barral Lima - compositor, músico e produtor musical. É proprietário do Grupo UN Music (selo fonográfico, editora e produtora audiovisual e de eventos). Idealizador de festivais como Palco Ultra, BH Rock Week e HipHop.Doc, o mineiro já gravou e acompanhou centenas de artistas como Milton Nascimento, Pepeu Gomes, Lô Borges, Marku Ribas, Toninho Horta e Fernanda Takai. É também responsável por uma série de songbooks de músicos mineiros. Lançou em novembro o novo selo Under Discos.

Painel: Diversidade e Representatividade na Música

Quinta 13/12, 20h

Objetivo: proporcionar uma visão mercadológica geral sobre a diversidade da música brasileira em seus diversos níveis e a importância da representatividade cultural, socioeconômica e de gênero e sua influência sobre o mercado.

Painel: Cadeia Produtiva da Música Independente

Sexta, 14/12, 17h

Objetivo: explanar sobre os principais motores da música e toda a sua cadeia produtiva e quais são os impactos sociais e culturais através de ações de fomento à cultura local e intercâmbio cultural.

Painel: Cena Musical... O que é? Como construir?

Sábado, 15/12, 10h

Objetivo: discutir a importância de uma cena musical e quais seus impactos para o crescimento e manutenção de artistas independentes e a forma como se articulam no mercado.

Convidados para as mesas redondas:

Daniel Morelo: publicitário, filósofo e pós-graduado em Planejamento Estratégico de Comunicação. Músico, sócio do selo musical Voadora Records, radialista, tem dois programas na rádio Universitária FM: Sorvetinho FM e Sexta Vraum, e desenvolve o projeto de fomento e formação de novos Djs "BotaSom-Oficial". É conselheiro municipal e estadual de cultura no ES. Como parecerista, já atuou em editais estaduais de Pernambuco, Espírito Santo e Distrito Federal e em Vitória/ES.

Simone Marçal: pós-graduada em Gestão Cultural, formada em Comunicação, atua como produtora e consultora em projetos. Produtora de Sandrera. Parecerista de Projetos do Ministério da Cultura, SAV (Secretaria do Audiovisual), Ancine, LIC DF, FAC DF, já atuou também nos governos do Paraná, Goiás, Pernambuco, na Caixa Cultural, Blumenau/SC, Florianópolis/SC, entre outros, nas áreas de música, música erudita, ações afirmativas, audiovisual e cultura popular.

Barral Lima: compositor, músico e produtor musical. É proprietário do Grupo UN Music (selo fonográfico, editora e produtora audiovisual e de eventos). Idealizador de festivais como Palco Ultra, BH Rock Week e HipHop.Doc, o mineiro já gravou e acompanhou centenas de artistas como Milton Nascimento, Pepeu Gomes, Lô Borges, Marku Ribas, Toninho Horta e Fernanda Takai. É também responsável por uma série de songbooks de músicos mineiros. Lançou em novembro o novo selo Under Discos.

Roger Deff: rapper da banda Julgamento, com três álbuns gravados. Prepara seu primeiro álbum solo, "Etnografia Suburbana". Dividiu palcos e estúdios com artistas como Negra Li, Berimbrown, Rodrigo Borges, Milton Nascimento, Marku Ribas, B Negão e Flávio Renegado. Graduado em Jornalismo e especialista em Produção e Crítica Cultural, escreve para a revista Canjerê e já colaborou para veículos como o Programa Agenda, Cinematógrafo (Rede Minas) e publicou artigos no caderno Pensar (Estado de Minas) sobre a cultura negra e história do rap no Brasil. Produtor e apresentador do programa Rimas e Recortes, na Inconfidência FM.

Leo Moraes: Nascido na Califórnia (EUA) e crescido em Minas Gerais, tem mais de 20 anos de carreira, divididos majoritariamente entre as bandas Valsa Binária e Gardenais. O compositor, cantor, instrumentista e agitador cultural é sócio-proprietário e fundador da casa de shows "A Autêntica", em BH. Como produtor musical e sócio-proprietário do estúdio Pato Multimídia, Leo gravou e produziu diversos discos de artistas da nova safra mineira como Luan Nobat, Dibigode, Dudu Nicácio, A Fase Rosa, entre outros.

Tiago Delau: Natural de Sete Lagoas, o MC Tiago Delau também é skatista e graças a isso conheceu a cultura Hip-Hop. Não levou muito tempo para que começasse a escrever suas primeiras rimas. Desde então, tem se dedicado à música. Em 2015 se mudou pra São Paulo (SP) e fechou parceria com a Chocolatee Studio, do produtor e diretor musical Renan "DIA". Lançou em 2017 seu primeiro EP "De7au".

Laura Lopes: idealizadora do Encontro Internacional Música Mundo e da Disco Produções. Musicista e produtora cultural, circula por diversos eventos internacionais de música. Realiza booking e produção executiva para eventos culturais. Cantora e compositora, graduada em Música pela UFMG. Integra o Coletivo Musical ANA, formado por sete cantautoras, e a Orquesta Atípica de Lhamas, de música latina. Se apresentou em importantes festivais como Planeta Brasil, Verão Arte Contemporânea, Vibra Festival e Savassi Festival. Entrou em listas populares dos melhores do ano e teve uma indicação ao Grammy Latino pelo álbum solo "Abaporu".

Lucas de Paula: compositor, tocador de cordas e vocalista da Banda Pássaro Vivo. Faz parte da produção do Festival Marreco de Cultura independente há oito edições. É presidente da Associação Peleja de Criação Cultural. Já foi integrante das bandas O Berço e Vandaluz, atua na representação de pautas culturais do triângulo mineiro.

Marcos Avelar: músico e jornalista. Em 2002 lançou seu primeiro trabalho autoral com a banda Osbim! e esteve sempre envolvido com a música independente. Tocou e produziu discos do cantor e compositor El'son da Terra e com a banda Ganga Bruta (2008 e 2010). Em 2013 formou o Ganga Bruta+Congadar, hoje apenas Congadar, que mistura congado e rock. Em 2010 foi responsável pela criação do Coletivo Colcheia, grupo associado à rede Fora do Eixo. Organizou e produziu durante de 2010 a 2013 o festival Gramophone de Música Independente, noites de música autoral e diversos eventos ligados à cultura independente.

George Machado: músico e produtor cultural. Como músico e compositor, seu trabalho mais importante foi à frente da banda Íris de Seda, onde gravou três discos independentes. Como produtor cultural, foi gerente de Eventos da Prefeitura de Sete Lagoas (2013-2016) produzindo grandes shows como Gilberto Gil, Sérgio Reis, Nando Reis, entre outros. Produtor artístico por três anos seguidos no festival Sabor de Bar. É criador do projeto Feirinha Acústica, que completa dois anos neste mês.

Alan Keller: diretor e coreógrafo internacionalmente premiado da Cia Jovem de Dança de Paraopeba, professor de dança do Stúdio Expressar, secretário adjunto de Cultura e Juventude de Sete Lagoas.

Leo Guto: cantor e compositor no estilo pop/folk, produtor de eventos como o Park Day, Pôr do Sol no Bosque e Terminal Autoral. Em 2013, gravou seu DVD Samba N’Roll ao vivo no Villa Romana. A música 'Reggae de Verão', single da banda, foi hit do carnaval 2014. Na banda de pop rock Sem filtro, percorreu por festivais como Prêmio de música das minas Gerais 2015 com a música de sua autoria 'Escravo do Sistema'. Em maio de 2017, lançou seu primeiro single como artista solo, 'Poema', conquistando o 3º lugar no 1º Festival de Música de Sete Lagoas, em 2017. Em dezembro, lançou seu primeiro EP ‘Canções de Gaveta’, e foi homenageado pela Câmara Municipal de Sete Lagoas no aniversário de 150 anos da cidade. Em 2018, voltou ao Prêmio de Música das Minas Gerais defendendo sua 'Canção em Mi(m) maior', destaque no seu álbum 'Canções de Gaveta'. É idealizador e produtor do Festival de ver cidade, que está em sua primeira edição.

 

 

Com AsCom Festival De Ver Cidade




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados