Menu

Atlético perde para o Santos, estaciona nos 42 pontos e se complica na briga pelo G7

A boa campanha do Atlético como visitante neste Campeonato Brasileiro parou no Santos. Em partida que abriu a 32ª rodada, o Galo perdeu por 3 a 1, e ficou mais longe do sonho da Libertadores. O Atlético iniciou a rodada como terceiro melhor visitante da competição. No entanto, o time não conseguiu manter o histórico e sofreu a quarta derrota fora de casa. Arthur Gomes, David Braz e Ricardo Oliveira fizeram para o Santos. Fred marcou para o Galo. Os quatro gols foram de cabeça.

O Atlético estacionou nos 42 pontos e deve terminar a rodada ainda mais longe do G7/Foto: ITO Atlético estacionou nos 42 pontos e deve terminar a rodada ainda mais longe do G7/Foto: IT

Com o resultado, o Atlético estacionou nos 42 pontos e deve terminar a rodada ainda mais longe do G7. O Atlético fez um jogo de altos e baixos. Foi irreconhecível no primeiro tempo, melhorou um pouco no segundo, mas esteve longe das suas melhores atuações fora de casa. Por isso, o triunfo do Peixe, que dorme na vice-liderança, foi merecido.

Na próxima rodada, o time de Oswaldo de Oliveira recebe o lanterna Atlético-GO, no Independência. Já o Santos, que chegou a 56 pontos e ainda sonha com o título, recebe o Vasco.

Só deu Santos

Atlético e Santos fizeram um primeiro tempo movimentado, mas com amplo domínio da equipe santista. Perdido na marcação e desorganizado para contra-atacar, o Galo foi engolido pelo Peixe durante a maior parte dos 45 minutos iniciais.

Erros de passe, falhas de posicionamento e um setor ofensivo inexistente mostravam que o gol santista era uma questão de tempo. Foram várias chances criadas, mas o Santos pecava no último passe. Já o Atlético tentava responder com contra-ataques, mas esbarrava no primeiro tempo ruim dos seus homens de frente: Robinho, Fred e Cazares.

O castigo para o Atlético ocorreu aos 45 minutos, quando o 0 a 0 mentiroso parecia certo. O bom atacante Bruno Henrique fez jogada pela direita e cruzou. A bola atravessou toda a área, a defesa ficou olhando e Arthur Gomes cabeceou para o gol: 1 a 0, merecidamente.

Empate

O Atlético voltou para o segundo tempo e precisou de poucos minutos para fazer tudo que não conseguiu na etapa inicial. Marcos Rocha robou a bola na defesa e tocou para Robinho cruzar na medida para Fred empatar, aos 5 minutos.

O gol tinha tudo para recolocar o Atlético na partida, mas o que se viu foi o Santos em cima e o Galo perdido, como na primeira etapa. Assim, o segundo gol do Peixe não demorou a sair. O zagueiro David Braz aproveitou cobrança de escanteio, subiu nas costas de Adilson e cabeceou no canto oposto de Victor. 2 a 1, aos 15 minutos.

Após o gol, o Santos recuou e o Atlético foi em busca do empate. Já com Luan e Valdívia em campo (nas vagas de Otero e Cazares), o time melhorou na parte ofensiva.

Aos 26, Fred recebeu novo cruzamento de Robinho e quase marcou. Vanderlei defendeu. O Peixe respondeu no minuto seguinte, novamente com David Braz. Victor segurou a bola.

Melhor em campo, o Atlético acertou duas bolas na trave em lances seguidos. No primeiro, Robinho fez jogada individual e bateu colocado. A bola explodiu na trave de Vanderlei. Na sequência, em cobrança de escanteio, foi a vez de Leonardo Silva acertar o mesmo poste.

Quando o empate estava amadurecendo, o Santos conseguiu o terceiro gol. Bruno Henrique, melhor em campo, fez jogada individual e cruzou para Ricardo Oliveira: 3 a 1, aos 34 minutos.

O gol acabou a reação do Atlético, que não teve força para chegar ao gol do Santos.

Ficha técnica

Santos 3 X 1 Atlético

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Caju; Alison, Renato (Yuri) e Lucas Lima; Bruno Henrique (Rodrygo), Arthur Gomes (Daniel Guedes) e Ricardo Oliveira. Técnico: Elano

Atlético:Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson e Elias; Otero (Luan), Robinho e Cazares (Valdívia); Fred (Rafael Moura).Técnico: Oswaldo de Oliveira

Gols: Arthur Gomes, aos 45 minutos do primeiro tempo, David Braz, aos 15 minutos, e Ricardo Oliveira, aos 34 minutos do segundo tempo (SAN); Fred, aos 5 minutos do segundo tempo (ATL)

Cartões amarelos: Otero, Fábio Santos e Elias (ATL); Daniel Guedes (SAN)

Motivo: 32ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Vila Belmiro, em Santos

Data e horário: 4 de novembro de 2017 (sábado), às 17h (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio - GO (FIFA)

Assistentes: Bruno Raphael Pires - GO (FIFA) e Leone Carvalho Rocha - GO (CBF)

Da Redação com Itatiaia



Publicidade
Publicidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar