Menu

Após sair do Atlético, Fred fecha contrato por três temporadas com rival

O atacante Fred é o novo reforço do Cruzeiro. Neste sábado, a diretoria celeste bateu o martelo com o jogador, que horas antes havia rompido amigavelmente seu contrato com o rival Atlético. O artilheiro de 34 anos é o presente de Natal da nova diretoria à torcida.

Fred é o reforço anunciado pela Diretoria do Cruzeiro, como presente de Natal para a torcida/Foto: DivulgaçãoFred é o reforço anunciado pela Diretoria do Cruzeiro, como presente de Natal para a torcida/Foto: Divulgação

O contrato de Fred com o Cruzeiro será de três temporadas, indo até 2020. O vínculo com o Atlético ia até dezembro de 2018.

As fotos da reunião que selou o acordo vazaram antes mesmo do anúncio oficial. Além de Fred, participaram do encontro o presidente do Cruzeiro Wagner Pires de Sá, o vice de futebol Itair Machado e o agente do jogador, Francis Melo.

"Fala nação azul. Estou aqui com muita felicidade para expressar minha gratidão a todos vocês pelo carinho. Em especial ao Itair, ao presidente Wagner por estarem realizando o desejo do meu coração de estar voltando para a minha casa. Tenho certeza que nesse ano vamos comemorar muitos gols juntos, títulos importantes. Então quero aproveitar para desejar um Feliz Natal para todo mundo, e não vejo a hora da minha apresentação. Que Deus abençoe todos e agora estamos mais juntos do que nunca", disse Fred em vídeo divulgado pelo clube.

A reportagem apurou que as conversas entre Cruzeiro e Fred começaram antes mesmo da rescisão com o Atlético. O clube tomou cuidados para evitar o "vazamento", tanto que poucos funcionários tiveram acesso à informação.

O contrato proposto pelo Cruzeiro não inclui cláusulas de produtividade. Fred terá um salário fixo menor do que recebia no Atlético, mas, por outro lado, ganha um contrato bem mais longo, talvez o último de sua carreira.

Fred é o segundo reforço cruzeirense para a temporada. O primeiro foi o lateral-esquerdo Egídio.

Revelado pelo América, Fred atuou um ano pelo Cruzeiro, entre agosto de 2004 e agosto de 2005, tempo suficiente para se tornar um dos grandes ídolos da torcida. No período, ele marcou 56 gols em 71 apresentações. Foram 33 vitórias, 15 empates e 23 derrotas.

Na Toca, ele foi artilheiro da Copa do Brasil de 2005, com 14 gols, e do Mineiro daquele ano, com 13.

O sucesso de Fred com a camisa do Cruzeiro atraiu interesse do Lyon, da França, que fechou sua compra por 15 milhões de euros (R$ 43 milhões). À época, a negociação teve intermediação do então agente Marcelo Djian, hoje diretor de futebol celeste.

Da Redação com Superesportes




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados