Menu

Democrata é derrotado de virada no final da partida em Juiz de Fora

O drama para o Democrata continua na luta contra o rebaixamento no campeonato mineiro do Módulo 2. Depois de vencer o Social na Arena do Jacaré, por 2 a 0, e empatar no Uberabão contra o Uberada em 1 a 1, o técnico Paulinho Guará conheceu a sua primeira derrota no comando técnico do Jacaré. Neste sábado, o revés aconteceu em Juiz de Fora contra o Tupynambás. De virada, o Democrata foi derrotada por 2 a 1.

Democrata foi derrotado em Juiz de Fora e drama do rebaixamento continua/Foto: FMFDemocrata foi derrotado em Juiz de Fora e drama do rebaixamento continua/Foto: FMF

Apesar do resultado negativo, o Democrata apresentou um bom futebol. A equipe comandada pelo Paulinho Guará vem mostrando uma evolução, mas ainda é necessário ajustar alguns detalhes para permanecer no Módulo 2.

O Jogo

O Jacaré teve três mudanças em relação ao time que empatou contra o Uberaba. A primeira foi por ordem médica: Juninho, com problema muscular, deu lugar a Gonzaga. A segunda foi por opção técnica. Canário ganhou a vaga de Luciano Mandir. Já o capitão do time, Carciano, cumprindo suspensão, deu lugar a Marlon. Com essas mudanças, o Jacaré perdeu seu jogador de maior potencial. Sem o Juninho, importante na articulação das jogadas em campo, Paulinho Guará optou por Gonzaga, um jogador mais físico sem tanto poder de criação.

Precisando somar pontos para se distanciar da zona de rebaixamento, o Democrata começou o jogo marcando atrás da linha da bola no seu campo de defesa e dando pouco espaço para os donos da casa jogarem. No início, o Jacaré teve dificuldades em criar oportunidades de gol, a partida ficou marcada pela disputa da segunda bola, um jogo muito truncado no primeira etapa. O Tupynambás, da mesma forma, não criou praticamente nada no primeiro tempo.

O segundo tempo começou com tudo, com o Jacaré marcando em linhas altas, aos 2 minutos o Democrata abriu o placar, jogada que começou pela direita de ataque com participação do Ezio e do Raphael Augusto e conclusão do Canario. Com o gol do Jacaré muito cedo, o técnico do Tupynambás Guilherme Humberto Silveira adiantou a sua equipe para marcar na saída de bola do Democrata, e com isso os espaços começaram a aparecer para o Democrata, que teve algumas oportunidades, mas acabou parando no ótimo goleiro Glaysson. Com o decorrer do jogo a equipe de Juiz de Fora cresceu na partida, as substituição surtiram efeito, e assim veio o empate, Filipinho aos 17 minutos empatou o jogo.

Logo depois o Paulinho Guará modificou a equipe, Paulo Macapá e Gabriel Marreco foram a campo para dar mais velocidade a equipe, Caetano para dar mais equilíbrio no meio campo. Com essas mudanças o Jacaré volto a propor o jogo, e continuou criando varias oportunidades de gol, mas ao mesmo tempo que o goleiro Glaysson fazia uma grande partida, faltava tranquilidade para os atacantes do Democrata definirem melhor a jogada.

Nos minutos finais aconteceu o castigo para o Jacaré, aos 47 minutos, Filipinho de novo marcou e virou o jogo para o Tupynambás. O resultado foi cruel para o Democrata que teve mais possibilidades de vencer o jogo e acabou não convertendo as oportunidades criadas.

Na próxima rodada o Democrata enfrenta o Tricordiano na Arena do Jacaré as 16hrs, do próximo sábado (24), já o Tupynambás recebe o Cap Uberlandia em Juiz de Fora.

TUPYNAMBÁS 2 X 1 DEMOCRATA

Tupynambás
Glaysson; Catatal, Adriano, Luizão, Brayan; Wison (Linhares), Yan (Guilherme), Coutinho (Bilu), Adê; Filipinho e Richard
Técnico: Guilherme Humberto Silveira

Democrata
Ranule; Ezio, Marlon, Washington e Raniele; Rafinha, Fabinho (Macapá), Gonzaga, Raphael Augusto (Caetano); Canario (Gabriel Marreco) e Lucas Funil.
Técnico: Paulinho Guará
Gols: Canario, aos 2 do segundo tempo (Democrata), Filipinho, aos 17 e 47 minutos do segundo tempo.

Da Redação com Portalsete




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados