Menu

Governo vai investir R$ 3 milhões em pistas de skate nas cidades mineiras

Em 2020, as Olimpíadas de Tóquio, no Japão, vão receber cinco novas modalidades de esportes, entre elas o skate. Até lá, futuros atletas podem ser formados em Minas Gerais e, quem sabe, trazer medalhas para o Brasil.

Foto: Tulio ThalesFoto: Tulio Thales

Nesta quinta a Secretaria de Estado de Esportes de Minas Gerais lançou, em Belo Horizonte, um edital onde consta o investimento de R$ 3 milhões para construção de pistas de skate no Estado.

O lançamento ocorreu no Centro de Referência da Juventude, no centro da capital, e contou com a participação de skatistas, órgãos ligados ao esporte e representantes do governo.

"Esse edital permite que as prefeituras possam se inscrever para obras e viabilizar pistas de skates para os municípios. É importante dizer que é um edital focado exclusivamente para as prefeituras. As entidades do terceiro setor não poderão participar, mas poderão auxiliar o seu município de interesse a discutir aonde será melhor a instalação dessa pista de skate", explicou o secretário de Estado de Esportes interino, Ricardo Sapi.

De acordo com a secretaria, qualquer cidade dos 853 municípios mineiros poderá cadastrar o projeto através do site esportes.mg.gov.br, onde é possível ter acesso ao edital. Cada prefeitura poderá protocolar um projeto esportivo. Conforme o documento, o valor máximo do apoio financeiro a ser captado é R$ 271 mil por projeto.

Os projetos serão analisados de acordo com a ordem de envio da documentação completa, com prioridade para os enviados em data e horas mais antigas. Atingido o limite do valor total do investimento, de R$ 3 milhões, o projeto que foi protocolado e aprovado vai precisar aguardar o próximo exercício para recebimento do incentivo.

"Nossa função, enquanto secretaria, é colocar o mecanismo à disposição. Caberá aos municípios despertarem para essa ação e se inscreverem. Uma vez o projeto sendo escolhido, a obra será de responsabilidade da prefeitura que vai viabilizar essa obra na região", finalizou o secretário.

Incentivo para novos skatistas

Para os órgãos que são ligados ao esporte, o edital traz um apoio a mais para quem se aventura entre as pistas com várias manobras. "É a primeira vez que o skate está tendo um espaço dessa forma. Até hoje, todas as pistas que foram feitas até hoje não foram feitas adequadamente para a prática do esporte" afirmou Gustavo Carneiro, presidente da Federação Mineira de Skate.

Para o gestor do Centro de Referência da Juventude de Belo Horizonte, Felipe Saboia, as novas pistas só têm a ajudar quem opta pelo esporte. "A juventude que vai utilizar esses espaços e fora do risco. O nosso pensamento é sempre esse: eliminar a ociosidade do jovem para que ele fique longe da violência. O skate é um esporte importante e que pode retirar a juventude do foco de problemas", afirmou.

Com O Tempo

 




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados