Menu

Câmara Municipal de Sete Lagoas homenageia o centenário Galo da Gamela

No dia 1º de Setembro de 1918 era fundado o Ideal Sport Club, tradicional time amador com origens no bairro da Várzea, popularmente conhecido como Galo da Gamela. Na noite da última quarta-feira (19), durante Sessão Solene, a Câmara Municipal de Sete Lagoas homenageou a instituição que completou 100 anos este mês. O evento, marcado por muitas histórias e resenhas envolvendo o Galo da Gamela e personagens do mundo da bola, foi proposto pelo vereador e presidente da Câmara Municipal, Cláudio Caramelo (PRB).

Foto: AsCom CMSLFoto: AsCom CMSL

O clube fundado por João Libório Júnior faz parte da infância do presidente do Legislativo, Cláudio Caramelo. “O Ideal faz parte da história de toda uma cidade, e marcou a vida de muitas pessoas, inclusive a minha. Lembro-me da primeira vez que meu pai me levou no clássico Ideal x Têxtil, e perguntou para quem eu torceria. Não tive dúvidas. Mesmo ainda criança, respondi: para o time de preto e branco, pai”!

Antônio Jardim, atual presidente do Galo da Gamela, valorizou todas as pessoas que passaram pela instituição nestes 100 anos. “Muita gente integra essa história. E a palavra é gratidão”, considerou.

A vereadora Marli de Luquinha (PSC) também se emocionou. “Sou Idealense de coração, faço parte desta família e é emocionante subscrever esta homenagem”, afirmou.

O vereador Euro Andrade (PP), que teve gerações familiares que colaboraram para que o Ideal chegasse ao seu centenário, valoriza a história. “Trata-se de um clube que deu, praticamente, origem e nome a um bairro: a Gamela. Foi fundado por amor, e que Deus proteja esse amor hoje centenário”.

Da mesma forma, o vereador Gilson Liboreiro (PHS) lembrou de dirigentes e jogadores que fazem parte da história idealense. “Estamos celebrando uma história de sucesso, de uma instituição que está de pé e formada por pessoas honradas”, considerou.

O vereador Beto do Açougue (PSD) lembrou de importante personagem do Ideal. “O saudoso Zé Maria me fez gostar do Ideal. Não está mais entre nós, mas celebrar os 100 anos do Ideal hoje é também homenagear esta figura ímpar”, completou.

O prefeito Leone Maciel, também presente na solenidade, destacou o papel social que o clube desempenha além das quatro linhas. “É uma instituição formada por pessoas que engrandecem uma cidade. 100 anos não é para qualquer um. Trata-se de um caso de sucesso, exemplo para toda Sete Lagoas, de como fazer bem feito. Por trás dos títulos e glórias há o lado social, do envolvimento de jovens com o futebol - que podiam estar na rua. O Ideal é um modelo a ser seguido”, afirmou o prefeito.

Com AsCom CMSL




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados