Menu

Diego Tardelli pede prazo ao Grêmio até terça-feira para responder sobre proposta; Atlético segue na disputa pelo atacante

O Grêmio aguarda uma resposta de Diego Tardelli até terça-feira (12) sobre a proposta apresentada a ele na última sexta (8), durante reunião entre agentes e diretores tricolores em São Paulo. Logo depois da vitória sobre o Avenida por 6 a 0, pelo Campeonato Gaúcho, o técnico Renato Gaúcho revelou que o atacante inicialmente daria o “sim” ou “não” ao clube nesse domingo. Mas, após novo contato, o jogador pediu para dar sua palavra final até terça, dia 12.

Foto: Reprodução/Sina.comFoto: Reprodução/Sina.com

Renato assegurou que a proposta feita pelo Grêmio a Diego Tardelli é “muito boa” e confia num acordo. “Eu tenho conversado com a diretoria, o Grêmio fez uma proposta muito boa para o Tardelli. Eles pediram para dar uma resposta até hoje (domingo). Já mandei um recado para o Tardelli, e eles pediram um prazo até terça-feira. Eles têm todo o direito, mas deixamos claro que nós chegamos ao nosso limite e, a partir de terça-feira, precisamos de uma resposta dele. Sim ou não. O jogador tem todo o direito de decidir. Esperamos que seja uma resposta positiva. A proposta do Grêmio é muito boa, é um salário que o jogador merece. Mas, se isso não acontecer, o jogador segue sua vida e o clube segue a sua em busca de mais títulos”.

O presidente gremista Romildo Bolzan mostrou confiança de que Tardelli será contratado. “O Grêmio trabalha esse assunto. Pode acontecer? Pode. Mas pode também não ter. Vamos dizer que estamos trabalhando muito fortemente para ter o jogador conosco esse ano”.

Ao vencer o Avenida na Arena, o Grêmio assegurou o título da Recopa Gaúcha e a classificação à próxima fase do Gauchão. O time está invicto no Estadual e soma 16 pontos em 18 possíveis.

Diego Tardelli está livre no mercado desde que deixou o Shandong Luneng, da China, no ano passado. A princípio, o atacante tinha planos de seguir no futebol asiático, mas, no fim de janeiro, decidiu reconsiderar a hipótese de voltar ao futebol brasileiro em 2019. Desde então, Atlético e Grêmio iniciaram conversas com os representantes do atacante de 33 anos.

No dia 5 de fevereiro, o presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, afirmou que a contratação de Tardelli dependeria da ajuda de algum investidor. Com recursos próprios, seria inviável chegar ao patamar salarial pedido pelo atacante. “Tardelli teve contato um tempo atrás com o Marques, mas a pedida dele foi muito alta. Para as nossas atuações condições, não é possível trazer. A não ser que muita coisa aconteça, como (conseguir) um investidor para poder ajudar a pagar, mas acho muito difícil acontecer”.

Apesar disso, no último sábado, antes da partida entre Atlético e Caldense, o diretor de futebol Marques assegurou que o clube ainda não tinha desistido de contar com Tardelli. O dirigente só não quis dar detalhes sobre uma eventual retomada nas conversas. “Está na mesma do que a havia passado atrás. A gente conversou inicialmente com o Tardelli, com seus agentes também...Diria que ele ainda está na pauta pelo grande jogador que é, pela empatia que tem com o nosso clube, mas vamos trabalhar com muita calma em relação a esse nome, que é muito importante”.

O atacante teve duas passagens pelo Galo. Ele disputou 219 partidas e marcou 113 gols. No Atlético, o atacante conquistou uma Copa Libertadores (2013), uma Copa do Brasil (2014), uma Recopa Sul-Americana (2014) e dois Campeonatos Mineiros (2010 e 2013).

Com SuperEsportes




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados