Menu

Cruzeiro sugere que sala do VAR fique fora do Independência no clássico de sábado

O Cruzeiro, por meio de seu site oficial, comunicou que sugeriu a Federação Mineira de Futebol que a sala do VAR seja instalado fora das dependências do estádio Independência no próximo sábado. O clube, no ofício encaminhado à entidade, usa como ressalva o comentário pós-jogo de Rui Costa, diretor de futebol do Atlético, em que o cartola atleticano afirma: “Acredito firmemente que, junto com o nosso torcedor no Independência, vai ser difícil ter lapso de VAR”.

O sistema foi utilizado pela primeira vez no Campeonato Mineiro durante o último fim de semana e causou muita discussão. - Foto: Cristiane Mattos/O TempoO sistema foi utilizado pela primeira vez no Campeonato Mineiro durante o último fim de semana e causou muita discussão. - Foto: Cristiane Mattos/O Tempo

O Cruzeiro ainda cita as ameças de morte que o árbitro Igor Junio Benevenutto sofreu após o clássico do último domingo, reveladas em entrevista à Rádio 98 FM.

Questões técnicas precisam ser analisadas

Ao Super FC, Giulliano Bozzano, destacou que a possibilidade de ter o VAR montado fora do Independência é uma questão de caráter técnico. "Isso não depende muito da minha alçada. Teria que olhar com os técnicos para saber se é possível montar essa aparelhagem em outro local que não seja estádio", disse.

No Horto, os equipamentos do VAR foram instalados na sala onde ficava o antidoping, justamente, por ficar mais perto de cabos das transmissões de TV.

Bozzano ainda destacou um encontro com a diretoria do Cruzeiro na tarde desta quarta-feira para tratar assuntos referentes ao clássico. "Vou me encontrar e vou ouvir as sugestões do Cruzeiro, assim como sempre fazemos com todos os nossos filiados", salientou Bozzano, destacando de forma categórica que a Federação Mineira e a comissão de arbitragem estão preparadas para o clima de pressão que os dois lados estão criando nos últimos dias.

"Estou há quase três décadas no futebol e é sempre assim. Quando vai chegando um jogo deste porte, esse clima sempre é gerado pelas partes envolvidas. O que posso dizer é que os árbitros estão preparados para executar o seu melhor papel no jogo de sábado e não existe isso de se sentir pressionado ou intimidado por qualquer situação externa", apontou.

As ameaças sofridas por Benevenuto também foram tema do contato com Bozzano. "A gente sabe que o futebol é muito passional e quando tem essas situações de redes sociais eu nem procuro me envolver porque pra mim o torcedor tem o direito de falar o que ele quiser. Mas quando as coisas extrapolam esse limite não compete nem a mim falar mais. É um caso de polícia", encerrou o presidente da comissão de arbitragem.

Exemplos de localização externa do VAR

Em jogos no Mineirão, a sala do VAR fica geralmente localizada no túnel que dá acesso ao gramado. Mas o equipamento já foi parar até um contâiner no estacionamento do Gigante da Pampulha durante o confronto entre Cruzeiro e Boca Juniors na Copa Libertadores do ano passado.

Durante a Copa do Mundo da Rússia, a sala do VAR não foi instalada nos estádios. Apenas o monitor do juiz, tradicionalmente à beira do campo, foi alocado nas arenas. A central do VAR ficou no IBC, o espaço destinado às transmissões do Mundial.

Nos esportes norte-americanos que contam com o uso da tecnologia há algum tempo, as centrais de replay também estão fora dos estádios, em locais específicos apenas para a análise dos árbitros.

Com Super.FC




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados