Menu

Copa do Mundo: Seleção brasileira feminina viaja com grandes expectativas de conquistar título do Mundial

A jornada da seleção brasileira na Copa do Mundo de futebol feminino começou oficialmente na última terça-feira. As convocadas do técnico Vadão embarcaram para a Europa. Das 23 convocadas, apenas sete não estão no grupo que saiu do Rio de Janeiro após se apresentar em um hotel próximo ao Aeroporto Internacional Tom Jobim.

Foto: Amanda KestelmanFoto: Amanda Kestelman

O Brasil iniciou desde quinta-feira (23) a preparação para a Copa do Mundo. O time de Marta e companhia ficará até dia 5 de junho treinando em Portimão, na região do Algarve, em Portugal.

- É sempre bom disputar uma grande competição. Tenho certeza que esse grupo que tá indo vai lutar o tempo inteiro para que possamos alcançar nossos objetivos - afirmou Marta, antes do embarque.

O técnico Vadão também mostrou confiança.

- Agora com 15 dias (de preparação) melhora muito. A expectativa passa a ser muito positiva e fatalmente vamos ter uma melhora acentuada - disse.

A estreia na Copa da França será dia 9, contra a Jamaica, em Grenoble. No Grupo C, o Brasil também enfrentará Austrália e Itália na primeira fase.

A seleção brasileira embarcou tentando reverter o momento atual dentro campo. O retrospecto recente não é positivo . São nove derrotas consecutivas na preparação para o Mundial. Vadão disse que o time aprendeu com essa sequência de maus resultados.

- Nós tiramos nossas lições de período ruim, vamos esquecer isso (as derrotas). Vamos trabalhar os 15 dias e definir melhor a equipe com todo mundo junto para que a gente possa colocar em campo as atletas que estiverem em melhores condições - salientou Vadão, indicando qual o principal ponto a ser melhorado nos treinos.

- A gente pecou muito no fundamento passe, e isso proporcionou muitos contra-ataques (nos amistosos) em zonas perigosas. Temos que melhorar essa organização.

Destaques como Marta e Cristiane encontrarão as companheiras direto no embarque. O trio Andressinha, Camilinha e Debinha sairá dos Estados Unidos direto para a preparação. Atuando no futebol europeu, Geyse, Tayla e Kathelen também encontram a seleção em Portugal.

Como atuou na final da Liga dos Campeões feminina no fim de semana, a meia Andressa Alves, do Barcelona, viajou somente na última quinta-feira. Com uma entorse no tornozelo sofrida durante um treinamento no último sábado, a zagueira Érika viaja com o grupo, mas ficará sob observação (a CBF pode levar outro nome caso ela não se recupere). Vadão, de todo modo, tem até o dia 26 de maio para entregar a lista final das 23 convocadas para a Fifa.

Com Globo Esporte




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados