Menu

Sete Lagoas > Notícias > Esportes

Cruzeiro confirma o favoritismo e está na vice-liderança

  • Categoria: Esportes
O Cruzeiro confirmou o favoritismo e, com muita superioridade diante do adversário, venceu o Atlético-MG por 2 x 0, na tarde deste domingo, no Mineirão, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, além de aumentar a invencibilidade sobre o rival para oito partidas, a Raposa chegou à sua terceira vitória consecutiva e assumiu a vice-liderança isolada da competição.

Jonathan e Guilherme marcaram os gols da vitória do time celeste, que volta a campo no próximo sábado, às 18h20, contra o Atlético-PR, no estádio Kyocera Arena, em Curitiba.

O Cruzeiro começou o jogo com uma postura altamente ofensiva, sufocando o adversário, que tentava se segurar de todas as maneiras. Logo aos 2 minutos, Henrique acertou um forte chute, de longa distância. Juninho defendeu e a bola sobrou para Guilherme, que chutou cruzado e o goleiro atleticano salvou novamente.

 
No comando absoluto das ações, a Raposa buscava o gol com velocidade e envolvia o Atlético-MG completamente. Antes dos dez minutos, Thiago Ribeiro teve duas oportunidades. Na primeira delas, recebeu passe de Guilherme na entrada da área, chutou forte, cruzado, e a bola saiu para fora, com muito perigo. Na outra, um minuto depois, acertou outro potente chute, pelo lado direito. A bola explodiu no goleiro Juninho.

Só dava Cruzeiro, mas o gol insistia em não sair. Após um bate rebate dentro da área atleticana, Ramires aproveitou o rebote e tentou surpreender o goleiro Juninho de cabeça, acertando o travessão. Thiago Ribeiro fez outra boa jogada, driblou o volante Denílson e chutou cruzado, novamente para fora.

Com uma forte marcação no meio-de-campo, o Cruzeiro não dava chance alguma para o Atlético-MG, que não conseguia articular as jogadas ofensivas. A primeira finalização do adversário só aconteceu aos 30 minutos, através de Castillo, de cabeça, para fora.

Enquanto o time comandava o jogo dentro de campo, a torcida estrelada dava um verdadeiro show no estádio, na expectativa de o primeiro gol finalmente sair. Demorou, mas saiu, aos 42 minutos. Fernandinho deu um belo passe para Jonathan, que dominou a bola, penetrou na grande área e chutou forte cruzado, no canto direito de Juninho. Um golaço.

Pouco tempo depois, Ramires quase ampliou, após desviar, de primeira, um cruzamento de Jonathan. Juninho fez mais uma boa defesa.

Atrás no marcador, o Atlético-MG iniciou o segundo tempo buscando o ataque e, aos 6 minutos, obrigou o goleiro Fábio, que foi um mero espectador na etapa inicial, a fazer sua primeira defesa na partida até então.

Jogando nos contra-ataques, o time celeste quase fez o segundo. Thiago Ribeiro cruzou pela direita para Guilherme. O atacante finalizou de primeira, mas para fora. Aos 21 minutos, o técnico Adilson Batista fez a primeira substituição na Raposa, ao colocar em campo o meia Wagner no lugar de Fernandinho.

Sem conseguir criar as jogadas ofensivas, o Atlético-MG apostava nas bolas cruzadas à área. E foi em uma jogada aérea que Fábio fez sua segunda defesa na partida, após cabeceio de Pedro Paulo, desviando cruzamento de Sheslon.

Aos 33, pouco depois de Wagner ter desperdiçado uma clara oportunidade para marcar o segundo gol estrelado, aconteceu a segunda alteração no campeão da Tríplice Coroa. Camilo entrou em campo no lugar de Thiago Ribeiro.

Nos minutos finais, o Atlético-MG se mandou completamente para o ataque, em uma tentativa desesperada de evitar mais uma derrota para o Cruzeiro, mas foi o atual campeão mineiro que teve mais duas ótimas chances de ampliar o resultado, com Wagner, em um chute cruzado, e Ramires, que acertou mais uma vez a trave.

Mas a vantagem celeste no placar finalmente. Camilo fez boa jogada pela direita e tocou para Elicarlos. O volante recebeu a bola e foi derrubado pelo goleiro Juninho. Guilherme cobrou bem a penalidade e garantiu a importante vitória estrelada. 2 x 0 para o Cruzeiro.
 
Site Oficial do Cruzeiro

Links patrocinados