Menu

Secretaria de Saúde confirma 109 mortes por febre amarela em Minas Gerais

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) confirmou na tarde desta sexta-feira (10) 109 mortes por febre amarela e 79 óbitos suspeitos. Até o momento, foram notificados 1.089 casos da doença, sendo que desses 57 foram descartados e 288 confirmados.

Os dados divulgados na nova atualização mostram também que mortes de macacos estão sendo investidas em nove municípios da Regional de Saúde de Sete Lagoas (Capim Branco, Felixlândia, Monjolos, Morada Nova de Minas, Paineiras, Papagaios, Santo Hipólito, Sete Lagoas e Três Marias). Há rumores* de epizootia (doença em animais) em outros nove municípios da Regional de Saúde de Sete Lagoas.

Vacina está disponível em 18 unidades de Saúde de Sete Lagoas / Foto: Gazeta OnlineVacina está disponível em 18 unidades de Saúde de Sete Lagoas / Foto: Gazeta Online

Não há casos notificados de febre amarela em humanos na região. De acordo com a SES-MG, já foram distribuídas 102 mil doses da vacina contra a doença na Regional, composta por 35 municípios. Dessas, 88.847 já foram aplicadas.

A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza a vacina nas 18 salas de vacinação da cidade (veja abaixo). As doses são respostas semanalmente pela rede de frio, do Ministério da Saúde.

As unidades atendem de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Para vacinar é necessário levar o cartão de vacina e um documento de identidade com foto.

Salas de vacinação

- Centro de Saúde (CS) Santa Luzia
- CS Orozimbo Macedo
- CS Manoa
- CS Santo Antônio
- CS Várzea
- CS São João
- CS Montreal
- CS Progresso
- Estratégia Saúde da Família (ESF) Esperança
- ESF Alvorada
- ESF CDI
- ESF Eldorado
- ESF Barreiro
- ESF Fazenda Velha
- ESF Catarina
- Unidade Básica de Saúde (UBS) Luxemburgo
- UBS Cidade de Deus
- UBS Belo Vale

Mais informações: www.saude.mg.gov.br/febreamarela

*São identificados como “rumores” casos em que a SES-MG foi informada sobre a epizootia, mas não conseguiu encontrar o animal para análise em laboratório.


Por Marcelle Louise




Publicidade
Publicidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar