Menu

Abonos de servidores da Educação de MG serão incorporados ao salário

Os dois primeiros abonos salariais concedidos aos servidores da Educação de Minas Gerais serão incorporados na folha de pagamento referente ao mês de junho, de acordo com a Secretaria de Estado da Educação (SEE).

A medida começa a valer a partir da folha de pagamento referente a junho / Foto: Reprodução/Abrace

A medida faz parte do acordo firmado entre o governador do estado e o sindicato da categoria que foi transformado na lei 21.710/2015. Ela prevê um reajuste de 31,78% na remuneração inicial do professor a ser pago gradualmente até 2018. O objetivo é alcançar o piso salarial nacional da categoria que é de R$ 2.298,80.

O primeiro abono de 13,06% começou a ser pago a partir de junho de 2015. O segundo, no valor de 8,21%, foi feito em setembro de 2016. O vencimento básico inicial do Professor de Educação Básica (PEB) passou de R$ 1.620,62 para R$1.982,54.

O terceiro e último abono deverá ser pago a partir de agosto deste ano. O reajuste será de 7,72% e vai ser incorporado à tabela de vencimento em julho de 2018.


Da Redação com G1



Publicidade
Publicidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar