Menu

Corpo de Mateus, nona criança morta em tragédia, é enterrado em Janaúba

A rotina de dor e comoção continuou nesta terça-feira em Janaúba, na Região Norte de Minas Gerais. Familiares, amigos e moradores do município acompanharam o velório e o enterro de Mateus Felipe Rocha Santos, com 5 anos completados no último dia 27, a décima vítima da tragédia na creche Gente Inocente. Centenas de pessoas lotaram o cemitério da cidade para despedir do garoto, que tinha sonho de ser policial. Policiais militares fizeram uma homenagem durante o sepultamento nesta tarde.

 Foto: Arquivo Pessoal Foto: Arquivo Pessoal


O enterro do pequeno Mateus aconteceu com honras militares. As homenagens foram feitas por 10 militares que compareceram na cerimônia de sepultamento. “A homenagem foi prestada porque o garoto foi um guerreiro e lutou muito pela vida. Ele tinha o sonho de ser policial militar, por isso prestamos essa homenagem no momento que é muito triste”, disse emocionado o sargento Darlisson Francisco Rodrigues.

O garoto estava internado no Hospital João XXIII desde sábado, quando foi transferido em estado grave do Norte de Minas. A morte dele foi confirmada nessa segunda-feira. A mãe, Valdirene Santos, de 38 anos, e o pai, Valdemar Rocha, de 35, tinham a esperança que o filho conseguisse se recuperar. Eles estavam hospedados em uma casa de apoio gerenciada pelo Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) na Região da Pampulha, em BH.

Pais Mateus Felipe/Foto: DivulgaçãoPais Mateus Felipe/Foto: Divulgação

O corpo de Mateus seguiu ainda na segunda-feira para Janaúba. O velório aconteceu em casa de parentes no município. Uma longa fila de pessoas se formou na porta da residência. Os moradores prestaram as últimas homenagens ao garoto. Durante o velório, a mãe de Mateus, fez todos se emocionarem ao conversar com o filho. “Meu filho, ao lado de Deus reze para que seus coleguinhas, que também ficaram feridos, consigam sair deste sofrimento”, pediu.

DA Redação com EM




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados