Menu

Governo vai promover audiências públicas para debater a concessão da MG-424; dois pedágios estão previstos

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas, realizará quatro audiências públicas de esclarecimentos e sugestões à minuta de edital e anexos, relativos à concessão de serviços para a exploração da rodovia MG-424, do entroncamento com a MG-010 até a entrada de Sete Lagoas.

Conforme noticiou a Itaitiaia, dois pedágios estão previstos na concessão da MG-424/Foto: DivulgaçãoConforme noticiou a Itaitiaia, dois pedágios estão previstos na concessão da MG-424/Foto: Divulgação

No dia 20 de novembro (segunda-feira), as audiências acontecerão em Sete Lagoas, às 9h30, no auditório da Associação Comercial e Industrial de Sete Lagoas (Rua Nicola Lanza, 140, Centro), e em Matozinhos, às 15h, na Casa da Cultura (Praça do Rosário, 50 - Centro).

Para o dia 21 de novembro (terça-feira), estão programadas as audiências públicas em Pedro Leopoldo, às 9h30, no auditório do Senai (Avenida Coronel Juventino Dias, 856, Centro), e em Belo Horizonte, às 15h, nas salas 6 e 7 do 7º andar - Prédio Minas - Cidade Administrativa do Governo de Minas Gerais (Rodovia Papa João Paulo II, 4.143, bairro Serra Verde).

A extensão da MG-424 a ser concedida é de 51,09 quilômetros, após as implantações dos contornos de Matozinhos e Prudente de Morais. A rodovia passa também pelos municípios de Vespasiano, São José da Lapa, Confins e Pedro Leopoldo.

A concessão, cujo prazo previsto é de 30 anos, contados a partir da data da transferência da rodovia, inclui, além das pistas centrais e laterais, pontes, viadutos e quaisquer outros elementos que se encontrem na faixa de domínio, bem como as áreas ocupadas com instalações operacionais e administrativas.

Da Redação com Agenciaminas



Publicidade
Publicidade

Comentários   

Janaina
0 #6 Janaina 15-11-2017 20:47
A MG 424 foi reformada para a Copa de 2014, está em ótimo estado!! O problemas são os trechos estreitos entre Matozinhos e Prudente, e ter que passar por dentro das 2 cidades com vários caminhões o que demora um tempo considerável!! Falta a construção de uma via alternativa por fora delas!
Citar
Janaina
0 #5 Janaina 15-11-2017 20:42
Como fica para as pessoas que estudam e/ou trabalham em Sete Lagoas e moram nas cidades vizinhas? Isso é um abuso, já basta o pedágio abusivo de Capim Branco na BR040 e agora 2 na MG, isso que é uma extorsão!!!
Citar
Cristiano
+3 #4 Cristiano 13-11-2017 22:40
Tudo bem que rodovias privatizadas geralmente são melhores que as rodovias publicas e a MG - 424 está precisando de obras mas, já não pagamos impostos justamente para ter rodovias em boas condições, não?
Citar
Angelo
+3 #3 Angelo 13-11-2017 17:36
Dois pedágios em 51,09 KM? Isso é um abuso.
Citar
gustavo
0 #2 gustavo 13-11-2017 17:27
Dois pedágios é exagero.. um está de bom tamanho.
Citar
Kerlon
0 #1 Kerlon 13-11-2017 14:20
Estava passando da hora de melhorias nesta péssima rodovia.
Espero que o valor cobrado seja justo e que a prestação de serviços seja de primeira para esta brecha que nossa constituição abre para a dupla tributação.
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar