Menu

Corpos de mãe e filho desaparecidos desde janeiro são encontrados em BH

Os corpos de uma mulher (24), e do filho dela (2), foram encontrados em Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, nesta quarta-feira (17). Cleifane Costa Campos e Samuel Costa Campos Souza estavam desaparecidos desde janeiro.

Cleifane Costa Campos e Samuel Costa Campos Souza estavam desaparecidos desde janeiro./ Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoCleifane Costa Campos e Samuel Costa Campos Souza estavam desaparecidos desde janeiro./ Foto: Polícia Civil/Divulgação

De acordo com o delegado Edmar Henrique Cardoso, os corpos foram localizados depois da prisão do namorado da vítima, Erick Henrique Lopes Luís (29). O suspeito confessou o crime.

Segundo o delegado, o homem foi quem informou sobre o desaparecimento da namorada e do filho dela. De acordo com Cardoso, o menino era uma criança especial e não falava.

Desde o início das investigações, o homem era tido como principal suspeito do crime por ter sido a última pessoa a estar com Cleifane.

Cleifane Costa Campos tinha 24 anos./ Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoCleifane Costa Campos tinha 24 anos./ Foto: Polícia Civil/Divulgação

O delegado contou que Erick estava prestando apoio à família da namorada e sempre passava na delegacia para saber sobre o andamento das investigações, mas dava informações erradas para confundir os policiais.

Na primeira perícia feita pela polícia, foi encontrado sangue no carro do suspeito e exames, que foram concluídos na semana passada, apontaram que era da vítima.

A partir deste resultado, a polícia pediu a prisão do suspeito, que foi detido na terça-feira (16), na casa dele, em Igarapé.

De acordo com o delegado, após a prisão e horas de interrogatório, Erick contou o que aconteceu no dia 27 de janeiro. Segundo Cardoso, o suspeito disse que, na madrugada daquele dia, ele a namorada tiveram uma briga quando voltavam de um show.

No depoimento, segundo o delegado, ele falou que o crime aconteceu na casa dele e que um amigo teria participado do homicídio, o que é investigado pela polícia.

Os corpos foram encontrados em um matagal perto do imóvel. A mulher estava amordaçada e abraçada à criança.

Corpos de Samuel e da mãe foram encontrados em matagal./ Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoCorpos de Samuel e da mãe foram encontrados em matagal./ Foto: Polícia Civil/Divulgação

Com G1




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados