Menu

Turismo ao pé da Serra do Cipó / Lapinha da Serra

Cachoeiras, pinturas rupestres e o opções de trekking estão entre os atrativos da cidade

Receptiva ao turismo há pouco mais de dez anos, Lapinha da Serra, distrito de Santana do Riacho, na Serra do Cipó, atrai visitantes a um dos pontos mais altos da região: o Pico do Cruzeiro, com 1.687m. Localizada a 150km de Belo Horizonte, a vila descoberta por bandeirantes, no século XVIII, tem sido opção para praticantes de trekking e apreciadores de quedas d’água.

No local, pertencente à bacia do Rio das Velhas, encontram-se as cachoeiras do Rapel e Paraíso; da Conversa e Jurutu; do Lageado; do Soberbo e a das Bicaimas, sendo essa em propriedade particular. Com infraestrutura pequena, além das três pousadas em Lapinha, outras opções para hospedagem são os campings e casas para alugar.


Foto: Vista de Lapinha da Serra, na Serra do Cipó. Situada no curso do Rio das Velhas, braço do São Franciso, a vila recebe o turismo em fase inicial


No local, apenas três famílias se fixaram, tratando de interligar as áreas habitadas por meio do comércio de cachaça, rapadura e farinha, à maneira do século XIX, em lombos de burros. Outro destaque da vila, ao longo das história, foi a extração de diamantes, especialmente nas redondezas da Cachoeira do Soberbo. Por ali também há riqueza do mineral breu e o atrativo das pinturas rupestres de 8 a 15 mil anos.

Conheça mais sobre a história, localização e atrativos aqui.



Publicidade
Publicidade

Links patrocinados