Menu

Cães vítimas de maus-tratos são resgatados pela Polícia Civil em Contagem

A Polícia Civil resgatou três cães vítimas de maus-tratos na tarde dessa quarta-feira (17) em Contagem, na região metropolitana e Belo Horizonte, após receber denúncias.

Foto: Polícia Civil / DivulgaçãoFoto: Polícia Civil / Divulgação

A situação mais grave é de uma cadela da raça Akita. A investigadora da corporação, que também é médica-veterinária e acompanhou o resgate, relatou que foi umas das piores bicheiras que ela já presenciou em um animal de resgate.

A cadela foi encaminhada para uma clinica veterinária da cidade e já tem uma tutora responsável por seus cuidados. Os outros dois animais, sem raça definida, foram levados para o Centro de Zoonoses de Contagem.

A delegada Carolina Bechelany, do Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Meio Ambiente, vai dar mais detalhes sobre o caso em entrevista coletiva.

Foto: Polícia Civil / DivulgaçãoFoto: Polícia Civil / Divulgação

Saiba como denunciar

Para denunciar, é preciso ter atenção a sinais de maus-tratos. A Polícia Civil destaca que é importante ter cuidado antes de acusar um proprietário de praticar esse crime. Um latido, por exemplo, não é sinal, mas animais visivelmente sem alimentação, agressões e abandono, sim.

A denúncia pode ser feita, em sigilo, pelo telefone 181.

Saiba como adotar

Em junho, Departamento Estadual de Investigações de Crimes Contra o Meio Ambiente da Polícia Civil lançou a Lista de Adotantes, cadastro para interessados em adotar animais que tenham sido resgatados.

Candidatos que desejarem se inscrever na lista de adoção da Polícia Civil devem entrar em contato pelo telefone (31) 3212-1356 e informar dados como endereço, números do CPF e da carteira de identidade.

Além disso, o candidato deve informar características como tamanho, pelagem, sexo e outras que buscam no novo animalzinho de estimação.

As informações são armazenadas em um banco de dados da corporação. Quando um animal com os aspectos descritos pelo futuro tutor é apreendido, aquele solicitante é acionado e passa por entrevista. Com a aprovação, é assinado um termo de responsabilidade e o cão ou gato pode ser levado para o novo lar.

Com O Tempo




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados