Menu

Homem rouba celular, vai para a casa da ex, tenta reatar e a estupra

Depois de roubar um celular, um jovem de 21 anos foi até a casa da ex-namorada, tentou reatar o relacionamento, a estuprou e ainda agrediu a jovem de 22 anos. O crime aconteceu na madrugada desta quinta-feira (14) em Paracatu, no Noroeste de Minas Gerais.

Homem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Paracatu./ Foto: Street View/ReproduçãoHomem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Paracatu./ Foto: Street View/Reprodução

De acordo com o Boletim de Ocorrência da Polícia Militar (PM), a jovem contou que o suspeito chegou à casa dela falando que queria reatar o namoro. Depois, ele disse que tinha roubado o celular de um casal e o mostrou para a mulher.

O suspeito ainda pediu que a vítima tentasse desbloquear o aparelho. Ela disse que não conseguia e mandou que ele saísse da casa dela com medo de que o celular tivesse rastreador.

Além de não ir embora, o homem ainda começou a beijar o pescoço da mulher, que pediu que ele parasse. O suspeito, então, segurou os braços da vítima e introduziu os dedos em suas partes íntimas. Ela reagiu e conseguiu correr para outro quarto. No entanto, o suspeito foi atrás dela e tentou manter relações sexuais com a vítima, que negou novamente o contato.

O suspeito, então, a agrediu com socos, chutes e pontapés. Depois, fugiu da casa dela. A jovem acionou a PM e contou sobre o ocorrido. Ela foi levada para o Pronto-Socorro do Hospital Municipal de Paracatu, onde os médicos encontraram hematomas pelo corpo dela.

O homem foi levado à 5ª Delegacia de Polícia Civil de Paracatu. O aparelho celular que ele teria roubado não foi encontrado. O suspeito negou os crimes.

Com O Tempo




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados