Menu

Cinco suspeitos integrantes de quadrilha de roubo a banco são mortos em confronto com a polícia em Minas

Cinco homens que seriam integrantes de uma quadrilha especializada em roubos a bancos e carros de transporte de valores foram mortos em Brasilândia de Minas, na região Noroeste de Minas. Conforme a Polícia Militar, os homens foram baleados e executados ao entrarem em confronto com agentes de segurança de Goiás.

Fuzis, espingardas e pistolas automáticas foram apreendidos com os suspeitos/ Foto: Polícia Civil - DivulgaçãoFuzis, espingardas e pistolas automáticas foram apreendidos com os suspeitos/ Foto: Polícia Civil - Divulgação

Os suspeitos, que fariam parte da organização "Novo Cangaço", estavam sendo monitorados desde o mês passado, quando explodiram um carro forte na cidade de Cristalina (GO). A Polícia Civil daquele estado descobriu o paradeiro dos bandidos e seguiu até a cidade mineira para prendê-los.

Porém, de acordo com a PM, os criminosos reagiram ao notarem a ação e começaram a atirar. Houve um intenso tiroteio que resultou na morte dos cinco suspeitos. Um sexto integrante da quadrilha conseguiu fugir e ainda está sendo procurado no município.

O confronto aconteceu na noite de terça-feira (4) no acampamento Elza Estrela, que fica na zona rural da cidade mineira. Com os bandidos foram apreendidos fuzis, espingardas e pistolas automáticas. Os corpos foram removidos e encaminhados para o Instituto Médico-Legal (IML) de Paracatu, onde serão periciados. O material apreendido foi encaminhado para a Delegacia de João Pinheiro.

Além dos suspeitos, não houve registro de outras vítimas no local do confronto. A Polícia Civil de Minas informou que o caso será investigado pela corporação de Goiás, já que ela era a responsável pela ocorrência.

Da redação com Hoje em Dia

 




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados