Menu

25º BPM lança Operação Férias Seguras em Sete Lagoas; veja dicas de como evitar furtos na sua casa e/ou na sua rua

O 25º Batalhão de Polícia Militar lançou no início deste mês, ao término da “Operação Natalina”, a Operação “Férias Seguras” em Sete Lagoas. Segundo o Chefe da Seção de Planejamento e Emprego Operacional da Unidade Tenente Miranda, trata-se de uma estratégia do Comando que visa prevenir e reduzir a incidência de crimes contra o patrimônio em Sete Lagoas, mais precisamente os furtos e arrombamentos cometidos à residência. Foto: Seção de Planejamento e Emprego Operacional do 25º BPMFoto: Seção de Planejamento e Emprego Operacional do 25º BPM

Os meses de dezembro e janeiro são aqueles mais visados para viagens em família devido ao Natal, Réveillon e férias escolares. Esse “esvaziamento” das residências, tão comum nesta época do ano, não passa despercebido pelo infrator, que está em constante busca de vulnerabilidades que oportunizem o cometimento do crime. Esse quadro requer da Polícia Militar ações preventivas pontuais que visem reduzir a incidência desse tipo de delito, quer seja na execução de operações policiais, quer seja por meio da participação da sociedade na redução dessas vulnerabilidades.

Conforme dados estatísticos, em janeiro de 2018, na cidade de Sete Lagoas, ocorreram 77 furtos a residências, dos quais 73 consumados e 4 tentados, além de 4 roubos cometidos também à residência.

Foto: Seção de Planejamento e Emprego Operacional do 25º BPMFoto: Seção de Planejamento e Emprego Operacional do 25º BPM

Ainda segundo o Tenente Miranda, nos meses de dezembro e de janeiro são planejados e executados dois tipos de operações, quais sejam: Operação Natalina, que findou em 31 de dezembro de 2018, e Operação Férias Seguras, em execução, com término previsto para o final deste mês.

Embora sejam realizadas essas operações de enfrentamento a essa modalidade criminosa, o Oficial enfatiza que o mais eficiente ator no enfrentamento do crime ainda é a própria comunidade, que através de comportamentos adequados consegue prevenir fortemente o cometimento do furto à residência.

Destaca-se primeiramente as RPP – Redes de Proteção Preventiva, estratégia da Polícia Militar de Minas Gerais baseada na filosofia de polícia comunitária, voltada para a mobilização social, que objetiva à redução dos índices de criminalidade. Em Sete Lagoas há quase 100 (cem) RPP em plena atividade. Dentre as várias ações desenvolvidas pelas RPP, no que diz respeito ao furto à residência, os componentes dessas redes já adotaram uma rotina de constante observação e vigilância solidária, com vários procedimentos específicos para cada situação. Essa “solidariedade” entre vizinhos é uma das mais importantes características da sociedade civil organizada, que se une com objetivos comuns, em prol de todos.

Salienta o Tenente Miranda que, ainda que não haja uma RPP atuante em sua rua/vizinhança, há muitas maneiras de prevenir a ocorrência de furtos na sua casa e/ou na sua rua.

Seguem abaixo algumas dicas:

• Caso tenha planos de viajar em família, conte primeiramente com a ajuda de seus vizinhos, ou pelo menos um vizinho de sua confiança que possa olhar a sua casa. É o seu colaborador mais próximo;

• Ao sair em viagem, coloque as malas no carro ainda dentro da garagem, de forma a evitar que pessoas estranhas percebam que a casa vai ficar vazia;

• Peça a um vizinho que recolha suas correspondências e que evite luzes acesas durante o dia, pois o acúmulo de correspondências e luzes acesas durante o dia sugerem que a casa está vazia;

• Evite excesso de informações nas redes sociais. As redes sociais expõem muito as pessoas, e muitos infratores se aproveitam das informações postadas pelo próprio morador nessas redes, como “estamos no shopping”, “estamos em viagem”, etc. Caso queira postar fotos de sua viagem nas redes sociais, procure fazer isso após seu retorno (passe essas orientações a todos da família);

• Confira e dificulte os acessos à sua residência, principalmente pelos fundos, potencializando os meios/dispositivos de segurança e evitando materiais que possam facilitar o acesso de infratores ao interior de sua residência, como escadas próximas de muros, etc.;

• Procure conferir e testar periodicamente os dispositivos de segurança já existentes em sua residência, a exemplo de alarmes sonoros e luminosos, pois estão sempre sujeitos a panes;

• Acostume-se a sempre trancar as portas e janelas de acesso à sua residência. São hábitos simples, mas importantes para o seu dia a dia;

• Ainda que os portões sejam automáticos, ao viajar, tranque-os com cadeado para dificultar o acesso, caso consigam desativar o sistema automático do portão;

• Ao usar cadeados para trancar os portões de sua residência, evite usá-los do lado de fora, pois isso dá a ideia de que não há ninguém em casa;

• Verificando a presença de pessoas suspeitas na sua rua, compartilhe essa informação com seu vizinho e, se for o caso, trate de acionar o fone 190 para que a Polícia Militar faça a abordagem;

• Quando tiver que atender alguém à porta e suspeitar dessa pessoa, avise antes o vizinho, e faça o atendimento do lado de dentro, não permitindo o acesso deste ao interior de sua residência;

• Prestadores de serviços de água, energia elétrica, internet e outros devem ser identificadas. Em caso de dúvida, ligue para a empresa prestadora de serviço correspondente;

• A solidariedade é sempre a melhor estratégia. Assim, caso suspeite de algo anormal em outra residência, tente ligar para o morador e, caso verifique que algo está errado, acione o fone 190.

Fonte: Seção de Planejamento e Emprego Operacional do 25º Batalhão de Polícia Militar.

 

 

 

Bárbara Nunes Com Tenente Miranda




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados