Logo

Segundo suspeitas, por tentar roubar um beijo, homem tem o lábio quase arrancado

Um homem, não identificado, não soube aceitar o ‘não’ de uma mulher e passou por apuros em Porteirinha, cidade do extremo norte de Minas Gerais. O rapaz, segundo indícios, teria tentado beijar a mulher sem o seu consentimento. Ela então, para se defender, mordeu o lábio inferior do homem, quase arrancando-o.

Vista da cidade de Porteirinha./ Foto: Reprodução internetVista da cidade de Porteirinha./ Foto: Reprodução internet

O caso logo ganhou fama, pois fotos e vídeos foram compartilhados nas redes sociais.

Durante a confusão e mesmo depois dela, nenhuma autoridade foi acionada. De acordo com informações da Polícia Civil (PC) de Porteirinha, ainda não existe boletim de ocorrência (BO) para esse caso, o que impossibilita que investigações formais sejam feitas. As pessoas envolvidas ainda não foram completamente identificadas, mas em relação a mulher existem suspeitas sobre quem seja. A PC vai, ainda hoje, tentar localizá-la.

O homem compareceu ao hospital, recebeu socorro e não precisou ser internado. Sobre a gravidade do ferimento, não foi divulgado pelo hospital nenhum tipo de informação.

Ocorrência

De praxe em crimes de agressão, o boletim de ocorrência nesse caso não foi feito. O homem ferido não procurou, até a postagem desta reportagem, a delegacia.

Segundo a Polícia Civil, existem duas possibilidades para o caso. A primeira é de que a lesão tenha sido leve e, nessa situação, a vítima pode escolher fazer ou não o BO. No segundo caso, que trata de lesão grave, a instauração de inquérito independe da vontade da vítima, sendo guiada pela seriedade dos ferimentos e dos fatos.

O trabalho da PC agora é localizar o homem para então tomar conhecimento sobre a lesão sofrida. O que será feito (ou não) a seguir depende dessa informação.

Da Redação




Publicidade
Publicidade

© Copyright 2008 - 2019 SeteLagoas.com.br - Powered by Golbe Networks