Logo

Homem que estuprou enteada de 14 durante dois anos em BH é executado com 51 tiros em frente à mãe

Um homem de 42 anos suspeito de ter estuprado, por dois anos, a enteada de 14 foi executado na noite do último sábado (15) no bairro Sagrada Família, na região Leste de Belo Horizonte. O homicídio ocorreu dois dias após a adolescente prestar queixa dos crimes sexuais na polícia (leia mais abaixo).

Batalhão responsável por registrar o caso fica no Santa Tereza - Imagem: Reprodução/Google Street ViewBatalhão responsável por registrar o caso fica no Santa Tereza - Imagem: Reprodução/Google Street View

A mãe do homem assassinado foi acordada na noite de sábado ao ouvir barulhos de tiros vindos do térreo da sua residência. Ao sair do cômodo, flagrou o filho subindo as escadas correndo sendo perseguido por dois homens. A dupla conseguiu alcançar o alvo e atirou diversas vezes para, em seguida, fugir sem dizer nada.

A perícia identificou, ao todo, 51 perfurações feitas por arma de fogo – foram encontradas cápsulas de calibres 9mm e .40. Testemunhas informaram que os assassinos fugiram em um Ford Ka branco, onde entraram três homens. A PM chegou a ir à casa da mãe da adolescente violentada sexualmente, mas não a encontrou.

Estupros

Na última quinta (13), a adolescente de 14 anos acordou nua com o suspeito em cima dela em mais um ataque sexual. Revoltada, ela criou coragem, gritou e resolveu contar aos familiares sobre os abusos, que começaram há dois anos. A adolescente tinha 12 anos e perdeu a virgindade com o autor, que manteve os estupros durante todo o período.

Os ataques só foram interrompidos quando ela passou a namorar um rapaz, mas, assim que terminaram, recomeçaram. Até a última quinta, ela tinha medo de denunciar o caso achando que a família poderia não acreditar e achar que ela estava querendo atrapalhar o relacionamento da mãe. Até então, a vítima só havia contado a amigos.

Com BHAZ




Publicidade
Publicidade

© Copyright 2008 - 2019 SeteLagoas.com.br - Powered by Golbe Networks