;
Menu

Sete Lagoas > Notícias > Polícia

Casal é pego em flagrante de furto em perfumaria na Lassance Cunha

  • Categoria: Polícia

As atendentes da loja O Boticário que fica na Lassance Cunha tiveram sangue frio e esperaram Roberta Priscila de Melo Araújo, 23 anos, furtar um vidro de perfume e colocar dentro da bolsa para acionar a Polícia Militar, PM. O crime aconteceu no fim da manhã desta segunda-feira, 23, e a mulher, segundo uma testemunha, é recorrente na prática de furtos no centro da cidade.

Loja precisou ser fechada para evitar curiosos / Foto: Marcelo PaivaLoja precisou ser fechada para evitar curiosos / Foto: Marcelo Paiva

Para cometer o crime na perfumaria, Roberta contou com a ajuda de Mauro Junior de Oliveira Moreira, 28, anos, que também foi detido. Depois de abordar a dupla, os militares descobriram que algumas lojas da Emílio de Vasconcelos também tiveram produtos furtados pelo casal. A loja precisou ser fechada para que outros comerciantes reconhecessem os produtos e para que os curiosos que se aglomeraram fossem dispersados. 

Uma atendente do Boticário disse que a mesma mulher cometeu outros furtos na loja nos últimos dias 12 e 17. “Um dia ela não conseguiu levar e foi roubar na outra loja na Monsenhor Messias”, disse.

O casal foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil para o registro da ocorrência. Não foi informado se a dupla tem prontuário. Provavelmente os produtos furtados seriam vendidos ou trocados por drogas.



Por Marcelo Paiva

Possivelmente uma reação a um assalto fez com que dono de loja levasse dois tiros no Nova Cidade

  • Categoria: Polícia

Ao que tudo indica Deivisson Quirino dos Santos, 20 anos, de acordo com testemunhas, morreu atingido por dois tiros depois que reagiu a um assalto na loja Lig Cell Celulares que era dono no Nova Cidade. O crime aconteceu no fim da manhã do último sábado, 21, e chocou a região que é bastante movimentada.

Crime aconteceu no fim da manhã do sábado, 21 / Foto: Enviada WhatsappCrime aconteceu no fim da manhã do sábado, 21 / Foto: Enviada Whatsapp

De acordo com uma testemunha que pintava a loja de Deivisson na hora do crime, o autor chegou mandando que entrasse na loja e deitasse no chão de costas. Nesse momento, a vítima foi até a porta do comércio ver o que estava acontecendo e o ladrão, ainda segundo a testemunha, disse: “perdeu, perdeu e efetuou vários disparos”. Mesmo ferido, Deivisson correu pela rua pedindo socorro e caiu em frente ao depósito casa e construção. 

Deivisson foi atingido por um tiro na barriga e outro na mão / Foto: WhatsappDeivisson foi atingido por um tiro na barriga e outro na mão / Foto: Whatsapp
Para fugir, o ladrão, de arma em punho, roubou uma moto que estava estacionada próximo do local do crime. Como o veículo tinha o dispositivo antifurto e apagou poucos metros depois na Rua Venezuela, o autor continuou a fuga á pé sentido a ponte do Kuait e Luxemburgo.

Deivisson era dono de uma loja de celulares / Foto: Reprodução FacebookDeivisson era dono de uma loja de celulares / Foto: Reprodução Facebook

O ladrão foi identificado apenas por uma camisa branca, uma bermuda jeans clara e um boné cinza e não foi localizado. Um celular que foi levado da loja foi recuperado porque caiu no local onde a moto foi abandonada. Deivisson foi atingido com um tiro na mão e outro na barriga. Ele morreu pouco depois de dar entrada no Hospital Municipal após ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, SAMU.

Deivisson era muito querido na região e vários amigos postaram mensagem de pesar em sua página em uma rede social. "Descance em paz mano, tu vai fazer falta pra muita gente!", publicou um amigo. "Luto eterno...para sempre vai ficar em nossas lembranças", lamentou uma amiga


Por Marcelo Paiva

Subcategorias