Menu

Sete Lagoas > Notícias > Polícia

Menores do tráfico são apreendidos em “boca” conhecida no Boa Vista

  • Categoria: Polícia

Em patrulhamento pela Rua Ceará, no bairro Boa Vista, militares abordaram dois menores que saiam de uma casa conhecida como ponto de venda de drogas da região. Com P.H.C.L. e G.H.M.F., ambos 17, os militares encontraram dois tabletes de maconha e R$ 100 em dinheiro.

Materiais apreendidos com os menores / Foto: Divulgação PMMateriais apreendidos com os menores / Foto: Divulgação PM

Os militares deram prosseguimento à ocorrência e realizaram buscas na casa P.H.. No endereço do menor a PM encontrou e apreendeu outros sete tabletes de maconha prontos para serem comercializados.

A dupla foi apreendida juntamente com o material e encaminhada à Polícia Civil para a conclusão da ocorrência que foi registrada na tarde dessa quinta-feira, 15.



Com ascom 25°BPM

Ladrões de carga que chegaram a esconder carreta em Sete Lagoas foram presos e apresentados

  • Categoria: Polícia

A Polícia Civil apresentou nessa quinta-feira, 15, cinco homens suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em furto e roubo de cargas de aço, alumínio e polietileno na BR-381, próximo a Contagem, na Grande BH e na BR-116, entre Minas e Espírito Santo. Conforme a investigação, eles são autores de ao menos dez roubos com prejuízo estimado em aproximadamente R$ 2 milhões. Eles vão responder por formação de quadrilha, roubo e lavagem de dinheiro.

Conforme o delegado Marcus Vinícius, Wendel Fernando da Silva, 27 anos, e Felipe Frisso da Silva, 32, abordavam as vítimas. Além deles, Carlos Nascimento Gonçalves, guiava os caminhões roubados, todos comandados por Ner Neves Junior, 50 anos. O último integrante apresentado é Gilson Shammai Costa, 40, que fazia a intermediação entre a quadrilha e os receptores das cargas.

Quadrilha chegou a esconder carreta roubada em Sete Lagoas / Foto: Paulo FilgueirasQuadrilha chegou a esconder carreta roubada em Sete Lagoas / Foto: Paulo Filgueiras

A investigação da Polícia Civil começou em agosto do ano passado, quando uma carga de aço, avaliada em R$ 200 mil, foi roubada na BR-381, em Contagem. Após levantamento, os policiais encontraram a carreta roubada em um galpão, em Sete Lagoas. Em seguida, a carga foi localizada em poder de uma empresa de São Paulo.

Durante o trabalho, a equipe policial traçou o perfil da quadrilha. Eles não são apontados como violentos e tinham como objetivo principal o roubo das cargas. Sempre agiam em postos de combustíveis localizados à beira das estradas, onde os caminhoneiros costumam descansar em pousadas ou parar para fazer refeições. Nestes locais, eles rendiam o motorista e o levavam para cativeiros escondidos em matas. Enquanto isso, outra parte do grupo fazia a venda da carga.

A Polícia Civil percebeu então, que tratava-se de uma quadrilha interestadual, sendo que alguns integrantes eram do Espírito Santo e contavam com um intermediador mineiro, neste caso, Gilson Costa. Eles distribuíam os material roubado por Minas, Rio de Janeiro e São Paulo. Ainda conforme o delegado, entre os 10 roubos apurados pela polícia, três chamam mais a atenção, os criminosos levaram 125, 200 e até 400 toneladas de aço ou alumínio.

O grupo foi preso em flagrante na última quinta-feira, depois de roubar uma carga de R$ 140 mil na BR-116, em Manhuaçu, Região da Zona da Mata. Eles venderiam a carga em João Monlevade, onde foram encontrados. Além deles, a polícia apreendeu uma caminhonete L200 e um Toyota Corolla. Ainda de acordo com o delegado Marcus Vinícius, a investigação continua, pois as empresas que recebiam o material roubado também podem responder por lavagem de dinheiro.


Com EM

Subcategorias