Menu

Sete Lagoas > Notícias > Polícia

ATUALIZAÇÃO: Militar reage a tentativa de assalto no bairro Jardim Europa

  • Categoria: Polícia

Na noite dessa quinta-feira (19), por volta das 19h20 , o militar J.S.L. , de 35 anos estava transitando na Rua Veneza, esquina com Av. Norte Sul, bairro Jardim Europa, quando foi abordado por dois rapazes de bicicleta que anunciaram o assalto.

Foto: Enviada pelo whatsappFoto: Enviada pelo whatsapp

O militar se identificou como policial e sacou a arma disparando três tiros em direção aos assaltantes.

A PM acredita que os rapazes estavam com réplicas. 

Um dos assaltantes, R.S.S.C. de 18 anos, conseguiu fugir e deixou a bicicleta pra trás. O outro, M.F.S.O.M, de 18 anos, foi atingido. Foram identificadas uma perfuração nas nádegas, outra no braço esquerdo e uma na região abdominal.

M.F.S.O.M foi socorrido pelo SAMU e encaminhado ao Hospital Municipal.

Da redação com 19ªRPM

Professor é morto a paulada no bairro Luxemburgo

  • Categoria: Polícia
Um professor foi assassinado na madrugada desta quinta-feira (19) na rua Américo Mendonça, no bairro Luxemburgo. B.M.F teria atingido o homem com um pedaço de pau. S.C.R. teria diversas propriedades na região do crime, entre aluguéis e imóveis vendidos. 
 
Foto: SeteLagoas.com.brFoto: SeteLagoas.com.br
 
S.C.R., de 47 anos, teria vendido uma casa para o autor, sem nenhum tipo de escritura comprovando o repasse do imóvel - nisso, o professor queria reaver novamente a casa. Segundo partes ligadas a B.M.F., S.C.R. jogava constantemente bombas de coquetel molotov na residência, para forçar sua saída. Uma delas quase atingiu o filho, um bebê de sete meses.
 
Nesta quinta-feira, o professor estava se preparando para fazer o mesmo, mas o autor percebeu a movimentação perto da casa antes. Os dois entraram em luta corporal e se armaram com paus e pedras. S.C.R. foi atingido com uma paulada, e acabou morrendo no local. B.M.F achou que ele teria desmaiado, mas percebeu que o homem havia morrido, então, fugiu.
 
A Polícia Militar foi até a casa do suspeito e conversou com sua esposa. Nisso, o homem, que estava escondido num lote vago, se entregou. O caso já está sendo apurado pela Delegacia de Homicídios de Sete Lagoas.
 
S.C.R. tinha acusações de estupro e abuso, em 2014 e 2017. Ele teria embebedado as vítimas para praticar a ação. Descoberto, populares do bairro Monte Carlo, onde ele residia, depredaram sua casa, o obrigando a sair de Sete Lagoas.
 
Da redação
 

Nota: Pelas leis vigentes no país, não podemos publicar nome e fotos de suspeitos de crimes cometidos ainda não julgados. O SeteLagoas.com.br segue princípios básicos e imprescindíveis do bom jornalismo.

 

Subcategorias

Links patrocinados