Menu

Sete Lagoas > Notícias > Polícia

Polícia Militar prende autor de roubos do bairro Esperança e região

  • Categoria: Polícia

Na última sexta-feira (15), por volta das 21h27, uma sorveteria na Rua Eduardo Henrique de Abreu, no bairro Esperança em Sete Lagoas foi assaltada por dois homens.

Foto: 19RPMFoto: 19RPM

A vítima, A.G.D.O. de 45 anos, relatou que se encontrava trabalhando na sorveteria, quando dois indivíduos desconhecidos entraram no estabelecimento solicitando que ele preparasse pizza e um pote de açaí. Depois, possivelmente com um revólver calibre .38 exigiu que a vítima entregasse todo o dinheiro do caixa. Ao perceber que não havia dinheiro, subtraíram a pizza e o pote de açaí, fugindo em seguida em direção ao Nova Cidade.

As viaturas realizaram rastreamento e no bairro Verde Vale, localizaram um indivíduo com as mesmas características descritas pela vítima, identificado como M.J.G.L. de 18 anos. Durante buscas pessoais, foi encontrada na cintura do autor, uma réplica de arma de fogo e dois aparelhos celulares.

Em conversa com o abordado, ele confessou ser autor do roubo e disse que já havia consumido os produtos. Ele confessou também autoria em outros roubos na região. A vítima o reconheceu e ele foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia Civil juntamente com uma bicicleta utilizada no crime a réplica de arma que foram apreendidas.

Da Redação Com 19ªRPM

Nota: Pelas leis vigentes no país, não podemos publicar nome e fotos de suspeitos de crimes cometidos ainda não julgados. O SeteLagoas.com.br segue princípios básicos e imprescindíveis do bom jornalismo.

Menina de 3 anos é espancada por padrasto até a morte por fazer xixi na roupa

  • Categoria: Polícia

Morreu nessa sexta-feira (15), a pequena Ana Lívia Lopes da Silva, de apenas 3 anos, espancada pelo padrasto por fazer xixi na roupa em Poços de Caldas, no Sul de Minas. A mãe da criança também foi detida por omissão às agressões.

Foto: TV PLan/ reproduçãoFoto: TV PLan/ reprodução

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a menina foi levada a um hospital desacordada e muito inchada pela tia materna, no início da noite dessa quinta-feira (14). Policiais foram acionados e fizeram contato na unidade de saúde também com a mãe do suspeito.

A mulher disse que ao chegar do serviço foi abordada pela nora, mãe de Ana Lívia, dizendo que o companheiro havia batido na enteada. À polícia, a mulher de 18 anos contou que as agressões ocorreram na quarta (13) depois que a menina urinou na roupa e, irritado, o criminoso, de 27, deu chineladas na garotinha.

A mãe afirmou que estava dormindo e só percebeu que a filha havia sido agredida por volta de 8h30 dessa quinta. A criança ainda teria conversado um pouco, mas perdeu a consciência e passou o dia inteiro desacordada dentro de casa. A mãe alegou que entrou em desespero e por isso não tomou nenhuma providência.

Por volta das 17h30, a criança começou a vomitar e só então a mãe pediu ajuda da sogra. A princípio, a menina recebeu o primeiro atendimento no Hospital Margarita Moralles, mas, devido à gravidade dos ferimentos, foi transferida para a Santa Casa da cidade, onde foi constatado traumatismo craniano.

A criança permaneceu em coma induzido até a madrugada, quando morreu. Um médico da Santa Casa afirmou aos militares que Ana Lívia tinha sinais de abuso sexual. No entanto, apenas exames periciais poderão confirmar o estupro.

O bandido foi preso em casa e preferiu ficar calado. Ele e a mãe da vítima foram encaminhados à delegacia de plantão.

Com O Tempo

Subcategorias

Links patrocinados