Logo

Aécio deve deixar PSDB; partido estuda mudança de nome e até mesmo de postura ideológica

Vivendo um inferno astral desde a revelação das gravações de Joesley Batista, o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) deve deixar o PSDB depois de quase três décadas. A estratégia para a saída do tucano já vem sendo traçada por lideranças do partido, que mudará de nome e até mesmo de postura ideológica.

Foto: Geraldo Magela/Agência SenadoFoto: Geraldo Magela/Agência Senado

Internamente, há uma ruptura no PSDB desde 2015, pois parte dos membros almeja uma guinada mais à direita, contra antigos membros da sigla, que defendem a permanência na vertente política da social-democracia.

Por conta disso, o PSDB deve ressurgir, ainda neste ano, com um novo nome e um estatuto mais ligado à centro-direita. Nessa movimentação, já é certo que parte da “velha guarda” tucana, social-democrata, deve migrar para um novo partido, ainda a ser criado pela fusão do PPS, PV e Rede.

Nesse cenário, Aécio sairia da legenda junto com outros nomes da velha guarda tucana, mas sem acompanhá-los. As articulações para a nova casa partidária do ex-governador de Minas ainda estão sendo feitas. Especulam-se três legendas por conta do histórico de boas relações entre o hoje deputado e suas direções: o Avante, o Solidariedade e o PTB.

Com O Tempo




Publicidade
Publicidade

© Copyright 2008 - 2019 SeteLagoas.com.br - Powered by Golbe Networks