Menu

Em Sete Lagoas, curso de primeiros socorros para profissionais do transporte escolar pode-se tornar obrigatório

Um dos textos da pauta da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Sete Lagoas a ser realizada nesta terça-feira (11), é o Anteprojeto de Lei 132/2019 do vereador Ronaldo João (PHS), que "dispõe sobre a obrigatoriedade de curso de primeiros socorros para condutores e monitores profissionais que atuam no transporte escolar da cidade de Sete Lagoas e dá outras providências".

Foto: Ascom CMSLFoto: Ascom CMSL

O vereador argumenta que um dos objetivos é tranquilizar os pais. "[Os pais] terão a garantia que seus filhos e filhas estarão sendo transportados por profissionais que tenham conhecimento sobre primeiros socorros. Visto que a possibilidade de acidente bem como o simples ato de se engasgar com uma guloseima, caso não se faça o prévio atendimento adequado, pode trazer sequelas ou mesmo o óbito".

Outro texto diz respeito a "assegurar e promover a prevenção, a redução e a eliminação da morbidade, da mortalidade decorrentes de zoonoses e dos agravos causados pelos animais". O Projeto de Lei Ordinária 185/2018, de autoria do vereador Renato Gomes (PV), “institui a lei municipal de proteção e bem-estar de animais domésticos no município de Sete Lagoas e dá outras providências”.

A Reunião, como de costume, tem início marcado para as 15h, com transmissão ao vivo pela TV Câmara no canal 46.2 e também pelas redes sociais do canal. Confira a pauta da Reunião na íntegra.

Com Ascom CMSL




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados