Menu

Sete Lagoas > Notícias > Política

Resultado da eleição sai em duas horas

O juiz eleitoral e diretor do Fórum de Sete Lagoas, Adair Sebastião Alves, fez um balanço positivo do período da campanha eleitoral na cidade, que está na reta final. O magistrado espera a mesma tranqüilidade no dia das eleições e garante: o novo prefeito de Sete Lagoas e os 13 vereadores eleitos serão conhecidos, no máximo, em duas horas e 30 minutos. Os CD´s para a contagem dos votos serão entregues tão logo encerre a votação, às 17h. “O processo de apuração será rápido, os eleitores poderão acompanhar 90% de toda apuração pelo site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Os outros 10% restantes serão contabilizado por mim no Cartório Eleitoral”, conta.

Adair Alves afirma que o número de processos movidos pelas quatro coligações adversárias este ano em Sete Lagoas foi dentro de um número esperado, e baixo. “A maioria dos processos julgados foi referente ao registro de candidaturas, outros questionando pesquisas eleitorais, e também pedidos de impugnação de candidaturas que foram julgados improcedentes”, explica.

Segundo o magistrado, a Justiça Eleitoral está preparada para inibir qualquer abuso no domingo de eleição. “Não será tolerada qualquer tipo de propaganda eleitoral. Cada partido tem seus fiscais que irão ajudar a coibir a boca de urna. Da mesma forma, a Polícia Militar já está instruída para efetuar prisão de qualquer cabo eleitoral que for flagrado fazendo boca de urna no dia da eleição”, completa.

O eleitor terá de 8h até ás 17h para escolher seu candidato. Primeiro, vota-se no vereador e, após apertar a tecla “confirma”, será a vez de escolher o prefeito. Caso o eleitor opte pelo voto de legenda, no espaço vereador basta clicar os dois primeiros números do partido escolhido. “As urnas estão todas prontas. Em caso de problema, há técnicos à disposição para todas as seções existentes na região. Se necessário, o que é muito difícil, a urna que apresentar algum problema poderá ser substituída”, afirma. Segundo ele, o processo de votação é inviolável.

Os outros juízes que estarão empenhados na eleição da comarca – além  de Adair Alves exclusivo para cuidar da sucessão em Sete Lagoas – são Edilson Rumbelsperger (comarcas de Inhaúma, Cachoeira da Prata e Fortuna de Minas), e José Ilceu Oliveira, responsável pelos municípios de Funilândia, Baldim, Jequitibá e Santana de Pirapama.


Da redação - Sete Dias
Celso Martinelli

Links patrocinados