;
Menu

Coluna / Tempo Esportivo / Williams conta com brasileiro para voltar a sonhar

A Williams terá pela frente um ano diferente em 2017. A escuderia chefiada por Claire Williams contou com Valtteri Bottas e Felipe Massa como pilotos entre 2014 e 2016 e, neste período, viveu grandes alegrias.

Embora não tenha voltado a vencer — o último triunfo foi logrado por Pastor Maldonado no GP da Espanha de 2012 — a equipe voltou a figurar nos pódios e nas primeiras colocações.

Foto: Uol Esportes Foto: Uol Esportes

Mas depois de terminar em terceiro lugar no Mundial de Construtores em 2014 e 2015, houve uma queda sensível de rendimento e, na esteira da evolução da Red Bull e da Force India, a Williams fechou num decepcionante quinto lugar em 2016.

No fim do ano passado, Claire Williams se deparou com a iminente saída de Bottas para a Mercedes para substituir Nico Rosberg, que surpreendeu o mundo ao anunciar sua aposentadoria apenas cinco dias depois de ter conquistado o título mundial.

Depois de ter cumprido com a promessa de não barrar a saída do finlandês, a dirigente britânica teve de correr contra o tempo para garantir um piloto de experiência, uma vez que Lance Stroll, contratado para substituir Felipe Massa, recém-aposentado, vem para sua estreia na F1. Mas Claire nem precisou ir muito longe para encontrar uma solução: E ela veio com o resgate de Massa da aposentadoria.

E o piloto brasileiro, com toda a sua experiência de 250 largadas na F1, é visto como peça-chave para a Williams dar a volta por cima e reagir depois de uma temporada abaixo da média no ano passado. A dirigente deixou claro que é possível sim dar a volta por cima em 2017, desde que seja com muito trabalho, como aconteceu no fim de 2013, quando a Williams havia somado apenas cinco pontos, para chegar ao top-3 da F1 no ano seguinte.

A Williams, para esta nova temporada, realizou mudanças no seu quadro técnico: Pat Symonds deixou a equipe, mas Paddy Lowe retornou ao time, oriundo da Mercedes.

Outro reforço de destaque é Dirk de Beer, novo chefe de aerodinâmica, contratado após passagem pela Ferrari. Contudo, Claire preferiu não criar expectativas sobre o que a Williams pode alcançar em um ano marcado por uma grande mudança no regulamento técnico.

Outra novidade na equipe é a confirmação de Paul di Resta que seguirá como piloto reserva. Di Resta foi titular da Force India entre 2011 e 2013 e tem como melhor resultado na F1 dois quartos lugares — nos GPs de Cingapura de 2012 e do Bahrein de 2013.  Desde então, o escocês disputou três temporadas do DTM com a Mercedes, tendo terminado o campeonato passado no quinto posto.

Chefe da Williams, Claire Williams celebrou a permanência do escocês e destacou que o conhecimento de Paul será valioso neste momento de introdução de um novo regulamento técnico. A temporada 2017 da Fórmula I tem início previsto para 26 de março, com o Grande Prêmio da Austrália. 

Tempo Esportivo 
Em que pese o empate no final de semana, em Patos de Minas, contra a URT, os números do Cruzeiro são marcantes no início da temporada e remetem a bons momentos da história do clube.

Para quem é supersticioso, a estatística conspira a favor do time celeste: Todas as vezes que o Cruzeiro venceu os sete primeiros jogos da temporada, terminou o ano conquistando pelo menos um título.

Foto: Jhereh Patos / Light Press / Cruzeiro Foto: Jhereh Patos / Light Press / Cruzeiro

Em 2017, a primeira parte da missão já foi cumprida. O time venceu os sete primeiros jogos. Agora tem que fazer o mais difícil, que é levantar os troféus que vai disputar. São cinco competições este ano: Primeira Liga, Campeonato Mineiro, Copa do Brasil, Copa Sul-Americana e Campeonato Brasileiro.

Durante as entrevistas, Mano Menezes tem se mostrado feliz com os números, mas o técnico cruzeirense é prudente ao analisar a situação. Para ele, é bom ser lembrado por marcas como essa, mas o importante, no final das contas é ganhar títulos.

Outra marca apresentada a Mano Menezes foi a do time de 1969, que só perdeu o primeiro jogo no do ano no dia 23 de agosto, após 38 partidas sem derrota. Mano brincou com o fato e declarou que não planeja a data do primeiro revés de 2017.

Com um elenco fortalecido e com contratações de qualidade e pontuais que foram feitas pela diretoria, a tendência é de que o clube tenha uma temporada muito mais produtiva do que as dos dois últimos anos em que sequer chegou às finais do Campeonato Estadual e sempre brigou contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

O mais estranho é que os anos anteriores foram de grandes conquistas, pois a equipe ganhou em 2013 e 2014 um Campeonato Mineiro e dois Campeonatos Brasileiros com sobras e muita superioridade. Agora é aguardar o desenvolvimento da temporada e depositar todas as fichas no trabalho competente e consistente de Mano Menezes!

Galo segue 100%, mas Roger não se ilude 
O torcedor do Atlético deixou o Mineirão bastante satisfeito com o que viu e ainda mais pelo resultado do clássico com América, domingo passado (19).

Goleada por 4 a 1 e liderança do Campeonato Mineiro mantida por mais uma rodada! Treinador do único time com 100% de aproveitamento na competição, Roger Machado também ficou satisfeito com o que viu no gramado do Mineirão.

Foto: ESPN Brasil Foto: ESPN Brasil

Porém, o treinador atleticano fez uma ressalva importante. Na opinião de Roger Machado, o 4 a 1 não explica bem o que aconteceu durante o clássico. Mostrando-se consciente da necessidade de evolução da equipe, o treinador ponderou sobre pontos que precisam ser corrigidos para os próximos jogos.

Agora, o Atlético tem uma semana até o próximo compromisso, no sábado de carnaval, contra o Democrata, em Governador Valadares. Roger destacou a importância de dar folga aos jogadores no início da semana para que os atletas tenham o descanso suficiente para os treinos.

Este será um dos poucos meios de semana de folga dos jogadores do Atlético daqui pra frente. Na quarta-feira de Cinzas o time entrará em campo para enfrentar a Chapecoense, em Chapecó, pela Copa da Primeira Liga. Na outra quarta-feira, dia 08 de março, o Galo tem estreia confirmada na Copa Libertadores da América contra ao Godoy Cruz, em Buenos Aires, na Argentina. 

Santa Rita de Cordisburgo e Uberlândia / Ideal seguem com 100% de aproveitamento na Copa Embrapa 
Foi realizada no último final de semana a terceira rodada da primeira fase da Copa Embrapa Máster. As partidas, como de costume, foram realizadas no sábado à tarde e no domingo pela manhã.

Todos os jogos estão acontecendo na Associação dos Empregados da Embrapa, próximo à chegada em Prudente de Morais e o público tem acesso liberado através da portaria da estrada das Areias, na região do Tamanduá.

O Santa Cruz do bairro das Indústrias ainda busca a sua primeira vitória na Copa Embrapa Máster / Foto: LED'sO Santa Cruz do bairro das Indústrias ainda busca a sua primeira vitória na Copa Embrapa Máster / Foto: LED's

Após três rodadas, os principais destaques ficam por conta do representante de Cordisburgo, o Santa Rita e do time que nasceu da parceria entre o Uberlândia, do bairro Interlagos e o Ideal: Ambas as equipes lideram seus respectivos grupos, com três vitórias e 100% de aproveitamento dos pontos disputados.

A Copa Embrapa, que abrange equipes de Sete Lagoas e das cidades adjacentes é a primeira competição do calendário da Liga Eclética Sete-Lagoanaem 2017. Os participantes são: 

A.E.Embrapa,
Bosque F.C.,
Criciúma F.C.,
Santa Cruz F.C.,
Santa Rita F.C. (Cordisburgo),
Sete Lagoas Fortaleza
Sete de Setembro (Caetanópolis),
Uberlândia/Ideal F.C.,
União Expresso F.C.;
Veteranos de Prudente F.C. (Prudente de Morais).

O Sete de Setembro é o representante de Caetanópolis  na Copa Embrapa Máster / Foto: LED's O Sete de Setembro é o representante de Caetanópolis na Copa Embrapa Máster / Foto: LED's

As equipes foram divididas em dois grupos de 05, jogando entre si nas chaves. Os melhores classificados avançam para a disputa das Taças de Prata e Ouro.

Os resultados da terceira rodada foram os seguintes:
Veteranos de Prudente de Morais 00 x 05 Uberlândia / Ideal
Santa Rita de Cordisburgo 05 x 03 Sete de Setembro de Caetanópolis
Bosque 05 x 02 Sete Lagoas / Fortaleza
Criciúma 03 x 00 Santa Cruz

A classificação atualizada, após a realização da terceira rodada ficou assim:
Grupo A:
1º Santa Rita de Cordisburgo: 09 pontos
2º Bosque: 06 pontos
3º Embrapa: 03 pontos
4º Sete Lagoas / Fortaleza e Sete de Setembro de Caetanópolis: 00 ponto
Grupo B:
1º Uberlândia / Ideal: 09 pontos
2º Veteranos de Prudente de Morais, Criciuma e União Expresso: 03 pontos
5º Santa Cruz: 00 ponto

Os confrontos da quarta rodada estão marcados para o final de semana após o carnaval e serão os seguintes:
Sábado, dia 04 de março:
14h – União Expresso x Criciuma
16h – Santa Cruz x Veteranos de Prudente de Morais
Domingo, dia 05 de março:
08h30 – Embrapa x Santa Rita de Cordisburgo
10h30 – Sete de Setembro de Caetanópolis x Sete Lagoas / Fortaleza
Folgam na quarta rodada: Bosque e Uberlândia / Ideal





Álvaro Vilaça é formado em Comunicação Social e Marketing, apresentador de TV, narrador e repórter esportivo da Rádio Inconfidência de Belo Horizonte, Diretor de Programação e Coordenador de Esportes da Rádio Eldorado e do Jornal Hoje Cidade. Também é o responsável pela coluna de Esportes do Jornal Notícia e é professor de Negociação, Compras e Marketing das Faculdades Promove de Sete Lagoas. Pós-Graduado em Administração e Marketing



Publicidade
Publicidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar